JARRE REVELA FUTURO PROJETO PARA O BRASIL EM CHAT

No dia 9 de dezembro, o músico francês Jean-Michel Jarre postou em suas redes sociais, uma foto anunciando um chat de “questions & answers” (perguntas e respostas) no seu Facebook para o dia 13 de dezembro às 19:00, horário de Paris (15:00 de Brasília). Jarre pediu para os fãs mandarem perguntas que seriam respondias durante o chat.

Jarre anunciando o chat no Facebook

Durante 58 minutos, Jarre respondeu a várias perguntas. Uma das dúvidas mais frequentes entre os fãs era em relação à tradução da sua autobiografia “Mélaconlique Rodéo” (lançada na França em 3 de outubro) para outros idiomas. De acordo com Jarre, entre setembro e outubro de 2020, a tradução será feita primeiramente para o inglês, espanhol e alemão. Mas existem planos para a tradução em outros idiomas como polonês, português (provavelmente de Portugal), chinês e até japonês, mas sem previsão de datas.

Sobre o “EōN”, Jarre disse que a base desse projeto é o aplicativo e que o box-set “Snapshots from EōN” é uma obra litográfica com apoio musical. Jarre disse também que pretende fazer uma turnê europeia baseada nesse projeto e que poderá gravar um álbum ao vivo. Não existe a possibilidade de um lançamento em separado dos CDs e vinis que fazem parte do box-set como alguns fãs queriam. Jarre confirmou que a versão do aplicativo para Android sairá em 2020 e também uma atualização para a versão em iOS.

Jarre exibindo o box-set “Snapchots from EōN”

Outra pergunta bastante frequente entre os fãs é a possibilidade de lançamento em DVDs ou Blu-Rays de seus concertos antigos. Jarre respondeu que a má qualidade das gravações (o concerto de Houston, por exemplo, foi gravado em Betacam) impede que isso seja feito, pois o resultado não seria de boa qualidade. Porém há planos para um vídeo “best of” desses concertos que incluirá material inédito.

Um de seus fãs perguntou se haveria a possibilidade de uma continuação do álbum “Magnetic Fields”, assim como aconteceu com “Oxygene” e “Equinoxe”. Jarre respondeu que não existe essa possibilidade e também não há planos para lançar músicas que ainda são consideradas inéditas ou raridades como, por exemplo, “Palawan”.

Jarre também disse que existe um projeto para um concerto na Arábia Saudita, no sítio arqueológico de Hegra, patrimônio mundial da UNESCO, na cidade de Al Ula. Ele já havia revelado esse projeto durante uma entrevista para a rádio francesa Europe 1 em novembro. Jarre terá o apoio da plataforma VICE e a data prevista para o evento é 6 de março de 2020. No dia 29 de novembro, Jarre postou em suas redes sociais uma foto em que ele aparece visitando o sítio arqueológico, descrevendo como “um momento único” em um lugar que ele considera “magnífico”.

“Momento único visitando a magnífica Hegra em Al Ula, Património Mundial da UNESCO”

Outra informação passada pelo músico francês foi que a Korg apresentará um clone do ARP 2600 em tamanho real em 2020. De acordo com Jarre, aparentemente a Korg está trabalhando com o mesmo pessoal que criou o design original e ele acha que o novo ARP 2600 será muito mais barato do que o original que é encontrado no Ebay. Essa informação passada por Jarre foi compartilhada em alguns sites dedicados a sintetizadores como o Synthtopia e o Synthanatomy.

Jarre comentou também a possibilidade de realizar concertos usando a tecnologia 5G. De acordo com ele, o público poderá ouvir o concerto via smartphones ou tablets com os seus próprios fones de ouvido, através de um sistema wi-fi.

O lançamento do terceiro volume do seu projeto “Electronica” também foi comentado pelo francês. Electronica 3 está previsto para 2021 e Jarre revelou que dessa vez vai pedir a colaboração de artistas iniciantes e desconhecidos, possivelmente de outros continentes como a Ásia e África e que pelo menos uma faixa será em colaboração com I.A. (Inteligência Artificial). Alguns singles serão lançados ainda em 2020.

Jarre também disse que gostaria de adicionar a Austrália na sua próxima turnê, algo que chegou perto de acontecer durante a Electronica Tour e que a Polônia também está nos planos. Ele também está conversando com a Arturia para desenvolver seu próprio sintetizador.

AMÉRICA DO SUL

Respondendo aos fãs sul-americanos, Jarre primeiramente agradeceu os chilenos dizendo que o show realizado na Movistar Arena foi um dos momentos mais excitantes da Electronica Tour. Para os argentinos, respondeu que pretende voltar sim, mas com outra produtora, pois a experiência que ele teve com a Fenix foi bem traumática e que não quer passar por isso novamente.  Com relação ao Brasil, Jarre trouxe uma surpresa e esperança para os fãs brasileiros. Ele revelou uma futura colaboração com o famoso fotógrafo Sebastião Salgado. Seria uma exposição fotográfica que acontecerá em 2021 no Rio de Janeiro e em São Paulo com datas a serem definidas.

Sebastião Salgado

Sebastião Salgado também é o autor de algumas das fotos mais famosas do pintor e desenhista Michel Granger, responsável pelos “artworks” de várias capas de álbuns do Jarre como “Oxygene”, “Equinoxe” e “Rendez-Vous”. Atualmente Granger usa uma das fotos de Sebastião Salgado como foto de perfil no seu Facebook.

Michel Granger em foto tirada pelo brasileiro Sebastião Salgado
Foto de Sebastião Salgado que atualmente é usada por Michel Granger como foto de perfil no seu Facebook

Jarre encerrou agradecendo aos fãs pelas perguntas enviadas, prometeu novas lives no Facebook no futuro, ressaltou que o EōN é o mais excitante projeto de sua carreira desde Oxygene e desejou um feliz natal para todos.

Fontes: Jean Michel Jarre oficial / Michel Granger