MASTERCLASS DE JARRE NO HYPER WEEKEND FESTIVAL: DO GRM À REALIDADE VIRTUAL, A HISTÓRIA DA INOVAÇÃO SONORA

Se quisermos compreender o percurso artístico de Jean-Michel Jarre, é imprescindível fazer um desvio pelos seus dois anos (1969 a 1971) no Groupe de Recherches Musicales (GRM – Grupo de Pesquisas Musicais). Este estabelecimento foi criado pelo politécnico Pierre Schaeffer (1910-1995), pai da música concreta e da música electroacústica, com o objetivo de produzir e estudar novas sonoridades e, claro, preservá-las. O primeiro encontro entre Jean-Michel Jarre e Pierre Schaeffer aconteceu em 1968, na maison de la Radio. Ele ficou tão impressionado com aquele homem que só teve uma coisa em mente: estar o mais próximo possível dele. Mas poucas pessoas eram admitidas no GRM a cada ano. Jean-Michel, no entanto, passou com sucesso nos exames do GRM, criando músicas a partir de fitas e colagens. Foi também lá que ele cruzou com Pierre Henry, cofundador do GRM.

“Pierre Henry é o pioneiro da música eletrônica. É o avô absoluto de todos os DJs do mundo”, disse Jean-Michel Jarre, após o anúncio da morte do compositor: “Se estou aqui hoje, é graças a ele.”

Mais de 50 anos depois, Jean-Michel Jarre se reconecta com um de seus mentores graças a esta criação mundial que ele chamou de “Oxymore”. A oportunidade para Jarre voltar durante este Masterclass à sua relação com o som e reiterar também a convicção de Henry.Pierre Henry costumava dizer: ‘eu não gosto de notas, notas são boas para compositores’. Foi Pierre Schaeffer que disse que a música não era feita apenas de notas baseadas na teoria musical, mas também de sons. E que você poderia sair com um microfone e ir gravar o som da chuva, o som do vento, e fazer música com isso.”

Pierre Henry Inspirou o movimento electro, nomeadamente através do mítico Messe pour le temps present que criou com Maurice Béjart para o festival de Avignon em 1967. Desde então, Jean-Michel Jarre assumiu a tocha da exploração sonora com suas experiências em imersão, em binaural, em 5.1 e em VR. A oportunidade que ele tem hoje de compartilhar suas experiências e entregar uma mensagem: a de um homem que quer fazer a ligação entre a pesquisa básica e o som. Quem defende hoje um metaverso francês e europeu é também um contrabandista que nos lembra que “os ouvidos abrem os olhos”

Hyper Weekend Festival
Masterclass com Jean-Michel Jarre
Do GRM à Realidade Virtual, a história da inovação sonora
Sexta-feira, 21 de janeiro de 2022
Horário: 18:30 (horário local, 14:30 no horário de Brasília)
Local:
Foyer F – Maison de La Radio et de La Musique
116, Avenue du Président Kennedy
75016 Paris
Ingressos: https://hyperweekend.billetterie.maisondelaradioetdelamusique.fr/selection/event/date?productId=10228495708348

Fonte: Hyper Weekend Festival