EXPOSIÇÃO AMAZÔNIA SERÁ APRESENTADA NO BRASIL NESTE MÊS POR VIDEOCONFERÊNCIA

9 de setembro de 2021|Foto: Indígenas da etnia Ashaninka, no Acre
© Sebastião Salgado / philharmoniedeparis.fr / reprodução

A grandiosidade da Floresta Amazônica, sua diversidade e a necessidade de preservação serão temas exclusivos da quinta reunião do Observatório do Meio Ambiente do Poder Judiciário, coordenada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no dia 14 de setembro. Na primeira apresentação ao público brasileiro da sua exposição internacional “Amazônia”, o fotógrafo Sebastião Salgado mostrará 200 grandes painéis fotográficos sobre a Região Amazônica em reunião por videoconferência que será transmitida ao vivo pelo canal do CNJ no YouTube.

Entre as fotografias, estão imagens pouco conhecidas do país, de matas, rios e montanhas da Amazônia, a exemplo do Monte Roraima, localizado na tríplice fronteira do Brasil com a Venezuela e a Guiana, e cuja fauna e flora ainda são um mistério para a humanidade. A exposição inclui ainda imagens de tribos indígenas que habitam a Amazônia, em um modo de vida ancestral associado à natureza.

A exposição foi inaugurada em maio deste ano na Philharmonie de Paris e seguirá para outras cidades, incluindo Londres, Roma, São Paulo e Rio de Janeiro. As fotos foram tiradas entre 2013 e 2019 durante as viagens de Salgado à Amazônia em um registro estético que representa uma continuidade do trabalho “Gênesis”, sobre áreas do planeta ainda preservadas da ação humana.

Composta e gravada como uma trilha sonora de 52 minutos para a estreia da Exposição em Paris, “Amazônia” do tecladista francês Jean-Michel Jarre é um mundo sinfônico que envolve os visitantes da exposição aos sons da floresta, usando uma mistura de instrumentos eletrônicos e orquestrais com outros sons naturais da vida real.

A videoconferência acontecerá no dia 14 de setembro, a partir das 14:00 (horário de Brasília) pelo Zoom, com transmissão ao vivo no link https://www.youtube.com/watch?v=u-_9vo7Ce4I

Fontes: Cristiano Verano|https://www.cnj.jus.br/