BOMBA: DREYFUS MUSIC É VENDIDA PARA BMG RIGHTS

No dia 30 de maio de 2012, foi anunciado que uma das maiores produtoras musicais independentes da França, a DISQUES DREYFUS MUSIC, foi adquirida pela BMG RIGHTS MANAGEMENT, dando acesso assim a todo seu antigo catálogo musical incluindo os trabalhos de Jean Michel Jarre dos anos 70 até 2002 (de “Oxygene” a “Sessions 2000” e possivelmente seus trabalhos pré-Oxygene incluídos na recente coletânea “Essentials & Rarities”).

Esta aquisição, não teve a quantia revelada, mas todos os selos musicais da produtora francesa criada ao longo dos anos estão incluídos na aquisição: Disques Motors, FDM e Dreyfus Jazz. Assim, a BMG RIGHTS, passa a administrar os licenciamentos e os direitos autorais não apenas das músicas de Jean Michel Jarre, mas também de artistas como Christopher, Johnny Hallyday, Patrick Juvet, Daniel Guichatrd, Bernard Lavillers, Nilda Fernandez, Françoise Hardy entre outros.

A Dreyfus Music foi fundada por Francis Dreyfus em Paris, por volta de 1970 e ao longo de 40 anos, foi uma das principais produtoras independentes não só da França como também da Europa. Nos anos 90, Francis criou a Dreyfus Jazz, para lançar seus artistas em mercado norte-americano. Em 2010, o Sr.Dreyfus faleceu vítima de câncer, desde então a empresa era administrada por sua segunda esposa, Hélène Dreyfus e suas filhas.

O CEO da BMG Rights Management, Hartwig Masuch disse: “Nós estamos muito felizes em poder representar compositores e artistas notáveis da Dreyfus. O catálogo da Dreyfus Jazz em particular, é bem conhecido e vemos potencial enorme de licenciamento nele.”

A diretora da BMG na França, Stéphane Berlow acrescentou: “A lista de publicação e gravações de música gerenciada por Francis Dreyfus durante várias décadas contém compositores, artistas e canções verdadeiramente emblemáticas. Nós sentimos orgulhosos agora por representar este catálogo fabuloso, seu legado e continuar a saga da Dreyfus daqui para frente.”

A viúva de Dreyfus, Hélène Dreyfus disse que fazer o negócio foi uma decisão importante para si e suas filhas Laura, Chloe e Julie:

“Foi fundamental para nós encontrar um pretendente em potencial, que continuaria a obra de Francis com o mesmo espírito de coragem, fidelidade e generosidade que sempre foi sua maneira. Depois de muitos meses de conversa, nós acreditamos e confiamos que BMG vai continuar desta mesma maneira. Nós temos o prazer de fazer este anúncio”, acrescentou.

A BMG RIGHTS MANAGEMENT, é um grupo de empresas musicais, que gerenciam as licenças e os direitos autorais de musicas. Não é a antiga gravadora/Major BMG, que foi vendida a Sony Music, mas um braço independente do antigo grupo, fundada em Berlin em 2008.

 Fonte:  http://www.musicweek.com/story.asp?sectioncode=1&storycode=1049758&c=1

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.