JARRE VAI A ISRAEL PLANEJAR CONCERTO

israel1

Surpresa para fãs do músico da luz e do som neste começo do ano. O músico francês viajou para Israel no último dia 06/01. Jean Michel Jarre foi visto a bordo de um avião da companhia israelense EL AL embarcando para a Terra Santa, lugar sagrado para as três principais religiões monoteístas do mundo, Judaismo, Islamismo e Cristianismo. Fotos de Jarre foram postadas ao lado do logo da companhia e dentro da cabine junto com o comandante Manny Meinrath e piloto da aeronave.

Jarre embarcando para ISRAEL no avião da companhia EL AL
Jarre embarcando para ISRAEL no avião da companhia EL AL

No próprio dia 06/01, Jarre foi visitar Jerusalem em Israel, junto com sua Assistente Pessoal, Fiona Commins, o Produtor musical israelense e também músico eletrônico e DJ Vic Falah e equipe. Jarre esteve no famoso Muro das Lamentações, onde fez uma prece, deixou um bilhete (tradição) , depois foi visitar os tuneis do antigo templo de Jerusalem. Um pouco antes, ele esteve em um jantar com músicos e produtores israelenses e no dia seguinte, Jarre e comitiva estiveram na arena “Sultan’s Pool” de Jerusalem para estudar um possível local de concerto. O lugar é usado para shows outdoors.

israel fiona
Jarre e Fiona Commins.

 

Jarre escutando o recital de sinos da Torre do YMCA.
Jarre escutando o recital de sinos da Torre do YMCA.

 

Jarre em frente a torre do YMCA para escutar o recital de sinos.
Jarre em frente a torre do YMCA para escutar o recital de sinos.

A imprensa local destacou a visita de Jarre ao país, o Jornal israelense em edição inglesa “The Times of Israel”, disse que o artista chegou a Jerusalem no dia 06 de Janeiro e se hospedou no King David Hotel em Jerusalem, e logo depois foi dar uma caminhada perto do hotel onde escutou e se impressionou com o recital dos sinos da torre do YMCA construido pelos ingleses nos anos 30, na qual 35 sinos foram trazidos de Croydon, no Reino Unido durante a ocupação britânica da Palestina. Fez visitas a igrejas cristãs e logo depois ele foi ao jantar com vários artistas e produtores israelenses no restaurante “Assaf Granit” no renomado mercado Mahane Yehuda. Por volta das 3 horas da manhã, Jarre e acompanhantes deu um tour pela cidade de David, na qual esteve no famoso Muro das Lamentações, visitando também os tuneis do antigo templo de Herodes e logo após foi beber alguns uns drinks no centro da cidade com toda a turma.

confraterzização
Jarre, Fiona e a confraternização na noite de Jerusalém.

 

Jarre no alto da torre do YMCA contemplando Jerusalém a noite.
Jarre no alto da torre do YMCA contemplando Jerusalém a noite.
Jarre reza no Muro das Lamentações, em Jerusalém.
Jarre reza no Muro das Lamentações, em Jerusalém.

 

mensagem
Seguindo a tradição, Jarre deixa mensagem no Muro das Lamentações.

 

israle muro tunel
Jarre faz visitas aos tuneis do antigo templo de Herodes.
Vic Falah e  Jarre
Vic Falah e Jarre

No dia dia 07, na parte da manhã, Jarre e sua comitiva estiveram na “Sultan’s Pool”, local aberto onde se realiza vários shows de verão. Na parte da noite junto com convidados estiveram em uma nova festa de confraternização com um jantar no The Kishle, um complexo da era otomana. Neste jantar se juntou a ele o cantor israelense Ivri Lider, o chef Assaf Gran e membros do parlamento israelense, algumas autoridades como Ze’ev Elkin, Prefeito de Jerusalem, Patrick Maisonnave, Embaixador Francês em Israel e o maestro israelense (nascido na França) Frederic Chaslin, regente da Orquestra Sinfônica de Jerusalem, que foi fã de Jarre na adolecência. Todo o grupo discutiu com Jarre a possibilidade, ainda não confirmada, de se realizar um concerto na cidade ainda este ano.

Jarre com algumas autoridades da Igreja Católica em Jerusalém.
Jarre com algumas autoridades da Igreja Católica em Jerusalém.

 

Sultan's Pool (Piscina do Sultão), local estudado por Jarre pra realização de concerto.
Sultan’s Pool (Piscina do Sultão), local estudado por Jarre pra realização de concerto.

 

Jarre com o produtor Vic Falah e Fiona visitando a Sultan's Pool, para futuro concerto.
Jarre com o produtor Vic Falah e Fiona visitando a Sultan’s Pool, para futuro concerto.

 

Jarre fechando a noite em Jerusalém em mais confraternização, no  The Kishle.
Jarre fechando a noite em Jerusalém em mais confraternização, no The Kishle.

No dia 08/01, Jarre foi a capital do país, Tel Aviv para visitar novos lugares, cujo principal foco foi sua presença no BPM College, que é um instituto de apredizagem de som e música. Jarre fez um master class com os alunos da instituição, na maioria futuros DJs, músicos e produtores musicais do país, além de conhecer as instalações. No mesmo dia ainda teve alguns encontros com representantes locais e músicos.

Jarre dando palestra para os estudantes do BPM College.
Jarre dando palestra para os estudantes do BPM College.

 

Jarre , Fiona e os estudantes do BPM College, bricando de prova...
Jarre , Fiona e os estudantes do BPM College, bricando de prova…

Jarre durante visita ao BPM College de Tel Aviv.
Jarre durante visita ao BPM College de Tel Aviv.

 

Jarre em visita as instalações do BPM College.
Jarre em visita as instalações do BPM College.

No dia 09/01 junto com a amiga e cantora israelense e a equipe de produção da Artego Events Production,empresa que quer realizar o show do Jarre em Israel, foram de helicoptero até o sítio arqueolgico de Massada, perto do Mar Morto, também estudando um local para concerto no país. Massada serviu como resistência judia durante o último cerco do Império Romano ainda no primeiro século da nossa era.

Jarre em Massada com a cantora Kama Kamila
Jarre em Massada com a cantora Kama Kamila

 

Jarre em Massada junto com a diretora da ARTEGO, Alexandra Juran.
Jarre em Massada junto com a diretora da ARTEGO, Alexandra Juran.

Jarre retornou a Paris no dia 10/01, onde agora dará prosseguinto ao estudo deste concerto. Este concerto em Israel ainda não está confirmado, mas falando para as autoridades locais, Jarre disse:

“- É um previlégio estar aqui hoje em Jerusalem para começar um ano novo cheio de esperança, paz e fraternidade.”

Segundo Ilanit Melchior, Secretária de Turismo de Jerusalém, o músico veio ao país a convite da prefeitura da cidade, para que se possa estudar a possibilidade de fazer um concerto na cidade, que tem perdido turistas, devido a recentes ataques terroristas em Israel. Ela também estava presente no jantar com Jarre e ficou impressionada com o artista:

“Eu vi um grande artista, desprovido de qualquer dos valores mobiliários de uma estrela. Ele veio aqui durante os dias difíceis devido a onda de terror em termos de segurança, e nós queriamos saber como organizar um evento em homenagem ao artista, na qual em Houston tocou para 1,3 milhões de espectadores, 800.000 espectadores no show realizado em honra do Papa, em Lyon, sua cidade natal,  em Moscou diante de 3,5 milhões de espectadores em celebração dos 850 anos da cidade, além de Paris diante de 2,5 milhões de espectadores “.

Jarre com  Ilanit Melchior, Secretária de Turismo de Jerusalém
Jarre com Ilanit Melchior, Secretária de Turismo de Jerusalém

Jarre retornou a França, sem ainda dar uma resposta positiva ao concerto. Segundo as autoridades, Jarre veio primeiro “sentir” o país e estudar os locais para um concerto. Segundo Melchior:

“Nós não temos nenhuma dúvida de que em termos financeiros, uma performance de sua liderança para centenas de milhares de turistas, haverá também uma notável adição a economia em Jerusalem. Nós vamos estar em contato com ele e espero que ele vai voltar a estar aqui com a gente.”

A visita a Jerusalém foi uma por iniciativa da Autoridade de Desenvolvimento de Jerusalém, Ministério do Turismo e Prefeitura de Jerusalém. O concerto de J.M.Jarre poderia injetar novo ânimo a economia turistica do país abalada por recentes atentados.

Tentativas anteriores de trazer o artista para concertos no país não deram resultado . Como um concerto para os 60 anos da fundação do Estado de Israel.

http://www.jarrefan.com.br/?p=415

http://www.jarrefan.com.br/?p=517

Fonte e Fotos: Dan Bonneh (Israel) / Vic Falah (Israel) / iTravelJerusalem / Kama Kamila (Israel) / BPM College (Israel) / Artego Events Production

http://www.timesofisrael.com/electronics-music-master-scouts-sites-for-concert/

http://www.ynet.co.il/articles/0,7340,L-4751059,00.html

https://www.linkedin.com/pulse/composer-producer-jean-michel-jarre-dan-tel-aviv-hotel-mitroi

Agradecimento especial a Heidie Moreno.

 

4 comentários em “JARRE VAI A ISRAEL PLANEJAR CONCERTO

  • 10 de março de 2016 em 13:00
    Permalink

    Felizmente há tempos o Alan Parsons mandou o Roger plantar couves e, tal como a Lady Gaga e Rolling Stones, fez mesmo um concerto em Israel.

    O Jarre não precisa do Roger para nada, esse anti-semita descarado. Sim, quem coloca nos concertos imagens de um porco (de todos os animais) com uma estrela de David lá pintada, não tem outro nome.

    Agora a segurança é que vai ser complicada, especialmente em plena “intifada das facas”

  • 15 de fevereiro de 2016 em 12:03
    Permalink

    Oi Ana, claro que sim…

    Roger Waters (ex Pink Floyd) pede boicote à Israel para todos os artistas que querem fazer shows por lá, ano passado teve pedido a vários artistas, inclusive aos Rolling Stones, Bon Jovi e uma carta escrita por Waters a Gilberto Gil e Caetano Veloso apelando para que não viajassem a Israel.

  • 28 de janeiro de 2016 em 14:32
    Permalink

    Olá Guilherme, podias dar uma pequena explicação sobre seu comentário? Obrigado

  • 12 de janeiro de 2016 em 18:16
    Permalink

    Prevejo problemas com Roger Waters…

Fechado para comentários.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0