JARRE EM NOVA PALESTRA NA UNESCO SOBRE A.I.

Em 04 de março de 2019, na Sede da UNESCO em Paris, o músico francês e Embaixador da Boa Vontade para a UNESCO, Jean Michel Jarre, foi um dos convidados para mediar uma mesa redonda e ser palestrante na conferência global: “ Principles for AI: Towards a Humanistic Approach? A Global Conference” ( Princípios para Inteligência Artificial: Rumo a uma abordagem humanista?), na qual foi discutido novamente a base para uma abordagem humanista da  A.I. (Inteligência Artificial), tema que Jarre vem acompanhando a algum tempo, incluindo o uso da mesma para criação de seu novo álbum “Equinoxe Infinity” (2018).

Devido ao seu desenvolvimento e suas possibilidades, a Inteligência Artificial terá um papel fundamental em nossas sociedades e terá um profundo efeito sobre elas. Considerando isso, a UNESCO decidiu considerar este tópico e liderar uma reflexão internacional para garantir que o potencial da A.I.seja aproveitado ao serviço do desenvolvimento sustentável da humanidade. Assim, a 2019 Mobile Learning Week, que acontece entre 4 e 8 de março de 2019, é intitulada “Inteligência Artificial para o Desenvolvimento Sustentável”.

Esta semana começou com um primeiro dia de conferências em torno do tema “Princípios para A.I.: Rumo a uma abordagem humanista”. Durante o discurso inaugural, Audrey Azoulay, Diretora Geral da Unesco, lembrou a turbulência de nossas sociedades que a A.I. provavelmente liderará e lidera. Estamos no alvorecer de uma nova era. “A inteligência artificial não é uma questão de tecnologia, mas uma questão de nossa própria humanidade. É uma questão científica, política, filosófica e ética ”. Ela lembrou a importância de abordar essa questão. “Não se trata de ter medo nem de ser ingênuo: é uma questão de estar plenamente consciente de nossa responsabilidade”. É o dever da UNESCO.

 

Às 18h, Jean-Michel Jarre, Embaixador da Boa Vontade da UNESCO, moderou o último painel de discussão “Estabelecendo as bases para uma abordagem humanista da A.I., um caminho a seguir”. Esse painel reuniu o Vice-Ministro Parlamentar para Assuntos Exteriores do Japão, o Ministro da Educação e da Educação Superior da Palestina e o Ministro de Estado da Inteligência Artificial dos Emirados Árabes Unidos para discutir o impacto da A.I.no desenvolvimento sustentável em seu país e sobre o papel que a UNESCO pode desempenhar para aproveitar a A.I.no serviço desenvolvimento sustentável.

 

“Ontem, na Conferência Mundial da AI da UNESCO, sensibilizaram e promoveram a reflexão sobre as oportunidades e desafios que a IA e suas tecnologias representam. Obrigado UNESCO pelas conversas interessantes”

Jarre comentou nas redes sociais:

 

 

Durante a palestra, ele teve a oportunidade de conversar e conhecer melhor o matemático francês Cedric Villani (ganhador do Prêmio Fields de Matemática).

 

 

Fonte: Jean Michel Jarre / UNESCO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *