EUROPE IN CONCERT

Em 1993, Jean-Michel Jarre embarcou em sua primeira turnê, intitulada Europe in Concert, realizando 15 concertos em 14 cidades da Europa para a divulgação do álbum Chronologie. Para essa ocasião, não seria possível integrar o show com arquiteturas das cidades, como era costume nos concertos anteriores do músico francês. A solução encontrada foi montar um palco de 150 metros de comprimento com 11 telões representando a miniatura de um skyline, com altura variando ente 6 e 25 metros, onde foram projetas imagens, luzes coloridas e raios laser.

Foram necessários dois palcos transportados em 16 caminhões para poder realizar um revezamento entre cada concerto. Cerca de 1000 pessoas trabalharam durante a montagem de toda a estrutura de 600 toneladas que levou 6 dias para ficar pronta em cada cidade. A equipe técnica era composta de 200 funcionários permanentes distribuídos em 11 ônibus.

A turnê começou no dia 28 de julho no Mont Saint Michel com um engarrafamento monstruoso. Cerca de três mil pessoas não conseguiram chegar ao show, que foi visto por 60.000 e outras cem mil que estavam ao redor da baía. Esse primeiro show foi uma espécie de ensaio geral, pois como acontece em qualquer turnê tradicional, as coisas só se encaixam após três ou quatro apresentações.

Foi a primeira turnê europeia de uma equipe francesa em um formato semelhante ao das grandes produções de artistas consagrados como Michael Jackson, U2 ou Madonna. A Le Tribe tinha novos integrantes: o baterista Laurent Fauchex, o guitarrista Patrick Rondat, o percussionista Dominique Mahut e a soprano Julie Lecrenais. Em Bruxelas, Jarre se apresentou no dia do seu aniversário e recebeu uma surpresa do seu filho David Jarre, que subiu ao palco e tocou “Happy Birthday” em uma guitarra. Na Espanha Jarre convidou um grupo flamenco para participar dos concertos de Santiago, Sevilha e Barcelona. Em Madri, seria realizado um concerto no dia 09 de outubro mas foi cancelado devido às fortes chuvas. O concerto de Lyon, na França, que seria realizado no 12 de outubro foi reagendado para a cidade de Tours no dia 16. Foi a última data da turnê.

Datas:

28/07/1993 – Mont Saint Michel (França)

01/08/1993 – Stade de la Pontaise – Lausanne (Suíça)

19/08/1993 – Népstadion – Budapeste (Hungria)

24/08/1993 – Atomium – Bruxelas (Bélgica)

28/08/1993 – Wembley Stadium – Londres (Inglaterra)

01/09/1993 – Maine Road Stadium – Manchester (Inglaterra)

05/09/1993 – Stade Velodrome – Marselha (França)

11 & 12/09/1993 – Waldbühne – Berlim (Alemanha)

21/09/1993 – Stade de Sapiac – Montauban (França)

24/09/1993 – Chateau de Versailles –  Paris (França)

29/09/1993 – Monte do Gozo – Santiago de Compostela (Espanha)

02/10/1993 – Expo´92 Site – Sevilla (Espanha)

06/10/1993 – Olympic Stadium – Barcelona (Espanha)

16/10/1993 – Parc des Expositions – Tours (França)

Tracklist dos cinco primeiros concertos (entre Mont Saint Michel e Londres):

  1. Chronologie 1 part 1
  2. Chronologie 1 part 2
  3. Chronologie 2
  4. Chronologie 3
  5. Chronologie 4
  6. Chronologie 5
  7. Digi Sequencer
  8. Chronologie 6
  9. Chronologie 7
  10. Equinoxe 4 (remix do Jarremix – tocada apenas em Bruxelas e Londres)
  11. Chronologie 8
  12. Band in the Rain (incluída a partir do 3º concerto, em Budapeste)
  13. Oxygène 4
  14. Rendez-Vous 4
  15. Rendez-Vous 2
  16. Chronologie 4 (bis)
  • Em Bruxelas, David Jarre tocou “Happy Birthay” entre Oxygène 4 e Rendez-Vous 4

Tracklist dos demais concertos (a partir de Manchester):

  1. Chronologie 1 (apenas a parte 1)
  2. Equinoxe 4 (versão normal)
  3. Chronologie 2
  4. Chronologie 3
  5. Chronologie 4
  6. Chronologie 5
  7. Digi Sequencer
  8. Chronologie 6
  9. Magnetic Fields 2
  10. Chronologie 8
  11. Band in the Rain
  12. Oxygène 4
  13. Rendez-Vous 4
  14. Rendez-Vous 2
  15. Chronologie 4 (bis)
  • Em Sevilha, Jarre encerrou com mais um bis de Magnetic Fields 2
  • Em Barcelona, Jarre encerrou com bis de Chronologie 4, Magnetic Fields 2 e Chronologie 2. Foi o maior show da turnê.

Le Tribe: Sylvain Durand, Dominique Perrier, Francis Rimbert, Patrick Rondat, Guy Delacroix, Laurent Faucheux, Dominique Mahut e Julie Lecrenais

Registros:

EUROPE IN CONCERT (Vídeo)

EUROPE IN CONCERT (Photobook)

Fotos (clique nas imagens para ampliar):

Arquivo Jarrefan:

“EUROPE IN CONCERT” – 20 ANOS