JEAN-MICHEL JARRE REALIZA O SEU MAIS ESPETACULAR CONCERTO DESTA DÉCADA COM BRIAN MAY, PROJEÇÕES, DRONES, LASERS E A VOLTA DOS FOGOS DE ARTIFÍCIO

Duas lendas tocando juntos pela primeira vez: Jean-Michel Jarre e Brian May

1ª PARTE: CONCERTO “BRIDGE FROM THE FUTURE”: FÃS, JARRE E BRYAN MAY PUBLICAM FOTOS NAS REDES SOCIAIS ANTES DO SHOW

2ª PARTE

Jean-Michel Jarre e o seu convidado especial, Sir Brian May, inauguraram a sétima edição do Festival STARMUS com o espetacular concerto “Bridge from the Future”, em Bratislava, capital da Eslováquia, no dia 12 de maio. Tendo como cenário a icônica Ponte SNP e o edifício “Aupark Tower”, Jarre, pioneiro da música eletrônica e eventos ao ar livre de grande escala, apresentou uma instalação futurística com iluminação arquitetônica sincronizada, lasers, balé com 400 drones (inédito em concertos do Jarre) e fogos de artifício.

“Vamos celebrar a nossa casa, aquele pontinho azul no espaço”, disse Jean-Michel Jarre ao cumprimentar as 100.000 pessoas que assistiram ao concerto, convidando-as para uma viagem à “Ponte do Futuro”, como soou o título de seu concerto. A multidão foi calculada com base em fotografias aéreas tiradas por questões de segurança e incluiu as pessoas que estavam no castelo, em ambas as margens do Rio Danúbio e, claro, as pessoas que estavam na estrada da cidade. A área dentro da cerca acomodou 45.000 pessoas.

O cenário gigante composto por duas torres de 35 metros de altura, o mais alto já construído na Eslováquia, tornou-se palco para um concerto de duas horas que entrou para a história do país. Jean-Michel Jarre estava acompanhado por Claude Samard Polikar (bateria, percussão eletrônica, teclados, sintetizadores e vocal) e pela Adiescar Chase (violino elétrico, guitarras, teclados, didjeridu e vocal), que também colaborou com Jarre no remix da faixa “Synthy Sisters”, do álbum Oxymore, lançado em 2022.

Pela primeira vez, drones luminosos foram usados em um concerto de Jean-Michel Jarre|Foto: Ali Alsawaf

Durante a tarde, enquanto o público ia chegando vindo de todas as partes da cidade, uma nova composição intitulada “Blue Dot in Space” era executada nos auto-falantes. A música foi composta especialmente por Jean-Michel Jarre para este evento, onde sons reais das estrelas foram entrelaçados na paisagem sonora. Assim, o público foi convidado a considerar a nossa posição na Terra dentro do cosmos, e o futuro do nosso planeta natal, refletindo o tema da edição deste ano do festival.

O concerto, que incluiu 19 músicas de sua carreira, também contou com um novo arranjo da “New World Symphony” do compositor tcheco Antonín Dvořák, marcando uma colaboração histórica entre Jarre e Brian May, incorporando elementos da cultura eslovaca. “Rendez-Vous 2” recebeu o título de “Rendez-Vous Bratislava” com a participação de trombonistas da Orquestra Filarmônica Eslovaca, do Coral Filarmônico Eslovaco e de Brian May, que finalizou a música junto com uma espetacular queima de fogos.

Outros destaques da noite, foram a eufórica “Glory”, onde o público também cantou junto, e o bis, em que finalmente apareceu a famosa harpa laser. Jarre renomeou a música “The Time Machine” para “Bratislava Time”, com Brian May retornando ao palco para um final de noite apoteótico. “Oxygene 8” foi tocada nos ensaios, mas foi retirada do tracklist em um curto espaço de tempo, por isso ainda estava listada nos créditos finais da transmissão ao vivo.

A ambiciosa produção, meticulosamente desenhada pelo próprio Jarre, envolveu uma equipe de mais de 100 pessoas. A instalação incluiu centenas de quilômetros de cabos, 21 telas de LED, 150 projetores e mais de 170 toneladas de equipamentos. Preocupada com sua responsabilidade ambiental, a produção do show se comprometeu com esforços de preservação florestal para compensar sua pegada de carbono.

Os fogos de artifício encantaram o púbico presente|Foto: Ali Alsawaf

Os organizadores, incluindo a Produtora “Vivien”, foram bastante elogiados pelo bom desenrolar de um grande evento de massas, como há muito tempo não se via na cidade. Os produtores pensaram até nas pessoas que decidiram assistir ao concerto de um mirante do Castelo de Bratislava. Apesar da grande distância e do palco estar posicionado no sentido oposto, elas também puderam desfrutar dos efeitos de luzes, fogos de artifício e dos drones luminosos, graças aos alto-falantes que foram colocados no castelo. Quem estava na praça “Hlavné námestie” também acompanhou o concerto através de um telão.

O concerto em Bratislava representou o culminar da visão artística de Jarre, meticulosamente aperfeiçoada desde que foi o pioneiro no conceito de eventos ao ar livre em grande escala, abrangendo cidades inteiras. Com este espetáculo em Bratislava, ele continua a superar-se, mostrando como aproveita habilmente a mais recente tecnologia para ultrapassar os limites da performance e do entretenimento ao vivo. Este evento não só simboliza o espírito inovador de Jarre, mas também sublinha a ligação inseparável entre ciência, tecnologia e arte, um princípio fundamental do Festival STARMUS.

O show foi transmitido ao vivo no canal oficial de Jean-Michel Jarre no YouTube e televisionado para algumas emissoras de TV, como a rede de TV nacional eslovaca “RTVS”, a “Nitro TV” da Alemanha e a “TV5 Monde Europe” (que transmitiu também para o Brasil, às 23 horas do mesmo dia).

TRACKLIST:

THE OPENING
EPICA + OXYGENE 4
OXYGENE 2
WEB SPINNER
EQUINOXE 4
EQUINOXE 7
FALLING DOWN
INDUSTRIAL REVOLUTION 2
THE ARCHITECT
ZERO GRAVITY (remix)
RENDEZ-VOUS BRATISLAVA (Rendez-Vous 2)
NEW WORLD SYMPHONY
BRIAN MAY SOLO
AZIMUTH
EXIT
HERBALIZER
OXYGENE 19
GLORY
RENDEZ-VOUS 4
STARDUST
BRATISLAVA TIME (The Time Machine)


GALERIA DE FOTOS:

Site oficial de Jean-Michel Jarre:

Fotos da ESET Digital Security:

Fotos de Ján Buocik:

Fotos de Kat Tka:

Fotos de Glenn Folkvord:

Fotos de Marko Erd:

Fotos de Harjie Jins:

Fotos de Jaroslav Novák:

Fotos de Martina Mlčúchová:

Fotos de Martin Simicek:

Fotos da KVANT Show Production:

Fotos de Milos Lacika:

Após o show, Jarre postou em suas redes sociais:

No dia seguinte, Brian May escreveu:

“Estou sem palavras esta manhã… mas encontrei este clipe informal – de um iPhone na plateia, eu acho – e parece que acertamos em cheio!!! Obrigado a todos que compareceram ontem à noite e arrasaram! Obrigado também a todos vocês ao redor do mundo que contribuíram para o buzz. E obrigado @valthelondoner — Bri”

Outro belo clipe da noite passada do meu amigo @valthelondoner, lá no meio de tudo, entre cerca de 80.000 pessoas, pelo que ouvi. Você sabe… não é tão ruim!!! Isso é o que costumávamos chamar de “manter a pólvora seca”… A boa e velha interação da velha escola acontecendo aqui… mas para mim e Jean-Michel foi a primeira vez. OK !!! Avante para os dias e noites sérios do festival STARMUS. Coisas incríveis estão se formando!! Bri”

No dia 14, Jarre voltou a postar nas redes sociais, desta vez com um vídeo:

“Uma maneira incrível de terminar BRIDGE FROM THE FUTURE. Esta é ‘Bratislava Time’! @eset @starmus

Reportagem da Euronews:

Fontes: Jean-Michel Jarre|hudba.zoznam.sk

Views: 129