ATENTADO EM PARIS – JEAN MICHEL JARRE DIVULGA MENSAGENS

bernadete

No último dia 13 de Novembro de 2015, Paris, capital da França, foi abalada por uma série de ataques terroristas, que deixaram mais de 120 pessoas mortas e mais de 300 feridas. Ataque reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico, motivado talvéz pelos ataques que a França vem fazendo na Síria, junto com uma coalisão de países do ocidente. Esta série de ataques, talvés os piores desde a II Guerra Mundial em território francês, motivou vários artistas em volta do mundo a se manifestarem contra e em apoio as vítimas.

O músico francês Jean Michel Jarre usou as redes sociais no dia seguinte (14/11) para manifestar e repudiar estes ataques, igual ele havia feito no começo do ano após o ataque a sede do jornal francês Charlie Hebdo, também em Paris. Primeiramente Jarre postou fotos de luto no perfil e profile de sua conta no Facebook:

jmjluto

Divulgou uma mensagem logo em seguida (também vinculada a sua conta no Twitter):

“Sinto-me ainda mais francês por hoje.. Todos os meus pensamentos para as famílias que perderam um dos seus..

Só uma coisa.. Como na arte da guerra eu acho que é preciso que cada um aprenda a conhecer o nosso inimigo para o melhor combate..”

No Instagram, Jarre colocou uma montagem que representa a coexistência de todas as religiões do mundo na paz da humanidade:

“JUNTOS SOMOS UM”

INSAGRAMPARIS

Como atual Presidente do CISAC, Jean Michel Jarre também expressou suas codolências atráves de uma carta aberta da organização:

“Mais uma vez, a França tem sido alvo de ataques terroristas que prejudicaram inocentes civis que estavam simplesmente participando de um concerto, ouvindo música, assistindo a um jogo de futebol, ou divertir-se no terraço de um restaurante.

     Um enorme pedágio foi pago por frequentadores de concertos no Bataclan. Estamos profundamente afetado por este ataque que nos toca nas profundezas de nossas almas. A música é a maior ligação entre as pessoas. Música não conhece fronteiras, nem raça, nem religião. Mas, obviamente, que não era o caminho daqueles que promulgou esses crimes horríveis que não viram isto.

     Em nome dos quatro milhões de criadores representados por membros da CISAC, eu gostaria de oferecer minhas mais profundas condolências às famílias daqueles que morreram em Paris. Eu também estou convencido de que estes acontecimentos não irá alterar a determinação daqueles que acreditam em nossos valores fundamentais:. A tolerância, a liberdade de expressão e a liberdade de criação .”

Jean Michel Jarre – 16/11/2015 – Presidente do CISAC

Fonte:

http://www.cisac.org/Newsroom/Articles/CISAC-President-Jean-Michel-Jarre-Expresses-the-Confederation-s-Deepest-Condolences-to-Paris-Attacks-Victims

Outro fator lamentável, foi o cancelamento da palestra que o músico faria em Paris, no “Red Bull Academy” que deveria acontecer no dia 17/11, terça-feira. O evento poderá ser reagendado para o começo de 2016. Ficamos no aguardo de novas informações.

redbullcancelado

 

Fonte: RED BULL ACADEMY PARIS