JARRE ENTREVISTADO COMO PRESIDENTE DO CISAC PARA O “DIRECT MATIN.FR”

Aproveitando a eleição de Jean Michel Jarre como novo presidente do CISAC, o site “Direct Matin.fr”, entrevistou o artista no ultimo dia 6 de Junho de 2013.


Jean-Michel Jarre, mais conhecida do público em geral por ser um dos pioneiros da música eletrônica, concordou em se tornar o presidente da Confederação Internacional de Autores e Compositores (CISAC). Segundo ele, os novos modos de comunicação clamam por uma revolução.

 

DM: O QUE É O CISAC ?

JMJ: CISAC é a Confederação Internacional de Autores e Compositores . Ela representa todas as associações de autores e compositores (cerca de 260 sociedades) nos cinco continentes, em todas as áreas da arte (música, poesia visual, artes gráficas e plásticas …).

 É uma organização capaz de unir todos os artistas do mundo das artes que representa dezenas de milhões de pessoas, para que elas falem com uma só voz. Foi fundada em 1926 e está sediada na França, Neuilly-sur-Seine.

 

 

Jarre discursando em Washington, DC para a WCS 2013

DM: POR QUE VOCÊ ACEITOU A PRESIDÊNCIA DO CISAC ?

JMJ: Aceitei esse papel no CISAC porque eu acho que os criadores são principalmente aqueles que melhor podem ajudar a esclarecer o debate. Sendo criativo, eu sempre fui muito sensível à defesa dos direitos de autor.

 Há uma nova questão entre os direitos dos criadores e de propriedade intelectual de um lado e os novos atores que estão transmitidos informações incluindo provedores de internet. Levanto a questão da compensação justa para os artistas de todos os setores das artes e da criatividade: música, artes gráficas e digitais, cinema, literatura, jogos de vídeo, jornalismo, etc.

DM: TODOS OS PAÍSES SÃO AFETADOS ?

JMJ: É um problema global que afeta todos os países de ambos os hemisférios. É por isso que estou particularmente satisfeito com a eleição junto comigo de quatro outros artistas de prestígio e de renome internacional: a cantora beninense Angelique Kidjo, o diretor e cineasta argentino Marcelo Pineyro, o poeta, escritor e letrista indiano Javed Akhtar e o escultor senegalês Ousmane Sow.

 

 

 

DM: EXISTE UMA ESPECIALIDADE FRANCESA ?

JMJ: Todos os autores de sociedades mundiais devem evoluir para trazê-los de acordo com os novos desafios econômicos da criação, especialmente na face para o mundo digital. Temos a sorte de ter na França , Jean Noel Tronc, atual CEO da SACEM, que está em plena sintonia com estes novos desafios, nacional e internacional.

 Nós compartilhamos a mesma visão sobre o papel que os criadores devem usar para tomar a palavra, fazer o ensinamento e tornar a nossa atividade mais conhecida.

DM: QUAL SERÁ O SEU PAPEL ?

JMJ: Junto com os quatro outros artistas vice-presidentes eleitos, seremos o porta-voz e embaixadores de milhões de criadores e compositores filados ao CISAC no mundo, para aumentar a conscientização pública e à realidade do trabalho dos artistas.

 O CISAC é o fórum ideal para se envolver nas batalhas das idéias. Nossa diversidade e representação nas artes culturais, geográficas variadas que nós representamos nos permitirá defender todos os direitos dos criadores e levar o nosso trabalho de forma eficaz em todo o mundo.

 

DM: POR QUE VOCÊ ACHA QUE ESTA LUTA É VITAL ?

JMJ:  Porque hoje, o nosso apetite insaciável por conteúdo gratuito passa fome de criatividade. O conceito de propriedade intelectual não é apenas uma questão de pagamentos de direitos autorais. O respeito pela criação e o valor do trabalho criativo é uma pedra angular da nossa sociedade.

Além disso, nunca devemos esquecer que o direito autoral é uma contribuição da Revolução Francesa e um direito humano, ela está contida no artigo 27 da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.

 Um “smartphone” não é realmente tão “inteligente”, sem o trabalho de artistas: pintores, músicos, fotógrafos, escritores, cineastas, jornalistas … que enriquecem nossas vidas e fazem dos nossos telefones e tablets inteligentes.

 

Font:

 

http://www.directmatin.fr/culture/2013-06-06/notre-appetit-pour-le-contenu-gratuit-affame-la-creativite-481833

 

Avatar

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0