“WELCOME TO THE OTHER SIDE”: JARRE LANÇA TERCEIRO TRAILER, FAZ UMA LIVE NO FACEBOOK E LAMENTA O FALECIMENTO DE PIERRE CARDIN

No dia 29 de dezembro, Jean-Michel Jarre publicou em suas redes sociais, o terceiro trailer do concerto virtual Welcome to the Other Side:

“Últimos dias de ensaios para o WELCOME TO THE OTHER SIDE. Mal posso esperar para apresentar este espetáculo para vocês na véspera do Ano Novo.
Vou fazer uma Live no Facebook hoje à noite, às 6:30pm CET (hora de Paris – 14:30 pelo horário de Brasília), do estúdio de transmissão. Por favor junte-se a mim, e eu vou mostrar-lhes no que estamos trabalhando nestes últimos meses.
# WTTOS

Cidade de Paris
UNESCO
UNESCO em francês

A live durou pouco mais de 20 minutos. O músico francês reforçou o convite para o concerto virtual, e falou sobre alguns detalhes técnicos e visuais do evento. Jean-Michel disse que a ideia é enviar um sinal de esperança ao mundo. Ele estará no Studio Gabriel, um estúdio multimídia no coração de Paris, e a transmissão de TV contará com uma mistura do concerto em Realidade Virtual, imagens ao vivo do estúdio e da fachada da catedral.

Haverá versões remixadas de Oxygene e outras músicas com novos arranjos. O projeto é baseado principalmente na Electronica Tour. Isso se deve à razões técnicas, já que serão usados sinais de controle e códigos de tempo que foram usados na turnê, para os efeitos de iluminação, grafismos, etc. Jarre teve mais tempo para organizar esse show, do que o Alone Together em junho, apesar do tempo ainda ser considerado curto.

Jarre durante a live no Facebook

O concerto será gratuito para todo o mundo e estará disponível por 24 horas em todas as plataformas de streaming. Além disso, também se pensa no lançamento de um box set com algumas “guloseimas”, pois haverá vários materiais visuais. Jean-Michel trabalhou com 150 pessoas de todo o mundo para o projeto, incluindo várias start-ups, e que eles uniram forças para criar novas oportunidades para o futuro.

O projeto foi abordado com um grande respeito pela Notre-Dame. Os construtores da catedral usaram da mais moderna tecnologia em arquitetura da época. Portanto, é natural realizar o concerto, com o que há de melhor e mais moderno da tecnologia atual, para apreciá-la.

PIERRE CARDIN (02/07/1922 – 29/12/2020)

Ainda no dia 29, o estilista francês Pierre Cardin faleceu aos 98 anos, no hospital de Neuilly-sur-Seine, em Paris. A morte foi confirmada pela família à Agência France Presse, mas a causa não foi divulgada. Jean-Michel Jarre era amigo de Pierre Cardin desde 1971, e contou como era o seu vínculo com o costureiro ao jornal francês Le Parisien :

Pierre Cardin e Jean-Michel Jarre durante o programa “Vivement Dimanche” em dezembro de 2010 © LP/Frédéric Dugit

“Estou muito triste com o desaparecimento de Pierre: pensei que ele teria mais de 100 anos. Achamos que as pessoas que amamos são eternas… E Pierre é, já que ele permanecerá como um dos carros-chefe do futurismo. Eu conheço Pierre há muito tempo. Foi como um pai espiritual no início da minha carreira. Pierre foi o primeiro a usar minha música para seus desfiles, numa época em que isso ainda não acontecia. Já em 1971, cinco anos antes de Oxygène, ele ouviu uma de minhas músicas e a escolheu para acompanhar um de seus desfiles futurísticos. Também naquele ano, ele me apresentou o show ‘Le Regard du sourd’ de Bob Wilson no Espace Cardin, que foi uma grande fonte de inspiração para mim.”

“Pierre e eu ficamos muito amigos e seguíamos juntos com muito carinho. Fui o primeiro a tocar na China pós-Mao, ao mesmo tempo em que Pierre foi o primeiro a ser exportado para lá, e Bertolucci estava filmando ‘O Último Imperador’ lá… Pierre tinha um lado infantil sujo. Sempre curioso e sempre inovador. Isso criou um vínculo entre nós: compartilhamos o mesmo interesse pelas novas tecnologias, o mesmo interesse no amanhã e não no ontem… Pensávamos que no ano 2000 os carros voariam… Essa visão utópica do futuro nos aproximou muito. Pierre não vivia em nostalgia, estava decididamente voltado para o futuro. Era o segredo de sua eterna juventude intelectual. Pierre estava otimista pela subversão.”

Pierre Cardin, Jarre e Charlotte Rampling, após o concerto na Place de la Concorde © Daniel SIMON / Gamma-Rapho via Getty Images

Recentemente, Jarre participou do documentário ‘House of Cardin’, dirigido por P. David Ebersole e Todd Hughes (mais informações no Rápido & Rasteiro de dezembro de 2019 e setembro de 2020).

Fontes: Jean-Michel Jarre | Le Parisien

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.