Jarre fala mais sobre as Canárias

Continuando seu post em seu blog oficial sobre suas férias nas Ilhas Canárias, Jean Michel Jarre disse que o lugar é uma das paisagens mais extraordinárias do mundo. Ele visitou a maioria das ilhas deste arquipelogo que fica no Oceano Atlântico e visitou a maioria dos observatórios astronômicos que existem lá, alguns estão localizados a mais de 3 mil metros de altitude. A paisagem lembra algo do outro mundo, como uma paisagem lunar
ou marciana. O observatório de La Palmas fica acima da nuvens. Segundo Jarre, La Palma, uma das ilhas das Canárias, possui um estraordinário parque natural que serviu de locação para filmes hollywoodianos como “O Império Contra Ataca” e o “Planeta dos Macacos”, e acha que pode ser uma possível locação para um concerto. Jarre inclusive já tem discutido com as autoridades governamentais locais sobre a possibilidade de realização de um
concerto na ilha. Ele também tido contato também com Brian May, o mentor do projeto, que está muito ocupado com uma nova turné mundial do Queen (que possivelmente passará no Brasil em Outubro). Segundo Jarre esta jornada pelas Ilhas Canarias, tem sido bastante inspiradoras para futuras músicas e
shows.

Jarre e seu amigo, o astrofísico Garik Israelian

Jarre no Observatório de La Palma

Fonte: JarreBlog.com

Avatar

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.

2 thoughts on “Jarre fala mais sobre as Canárias

  • Avatar
    9 de julho de 2008 em 11:24
    Permalink

    Espectáculos e digressões de Jammie não são custo, são um investimento!Digo isto, pois atraem os olhos do mundo para suas cidades.

    Muito boa anedota, sobre um suposto diálogo entre o alcaide canário e Jarre… LOL

    Enfim, este é o ano espanhol, com a conquista do Euro 2008 (oh, meu Portugal amado, ainda não foi desta vez…), de Nadal em Winbledon e, esperemos, deste concerto nas Canárias.

  • Avatar
    23 de junho de 2008 em 14:02
    Permalink

    Deve ser muito engraçado ver a cara das tais autoridades com as quais Jarre trata sobre esse possível concerto assim que elas ficaram sabendo “quanto custa o show”.

    – Excelente, señor Jarre, sua idéia de fazer um concerto aqui é muito boa. Mas quanto custaria para os cofres públicos custear esse show “gratuito”?

    – Err… – limpa a garganta com um gole do vinho que bebe no almoço com os figurões políticos locais – Vejam bem, vou incendiar o céu e explodir seus tímpanos com minha fantástica música espacial, seu turismo faturará horrores… será uma bagatela.

    – Si, pero quanto, cabrón?

    – Bueno… err… Uno… o dos… no más que três… millones…

    – Es loco, hombre??? Três millones de pesetas o de dolares???

    – Millones de EUROS, muchacho!

    E assim, o tal concerto de Jarre atinge a razão de ser produzido, indo gloriosamente, ao custo de um almoço em um restaurante meia-boca, pro espaço.

Fechado para comentários.