JARRE – ENTREVISTA: “MÔNACO SERÁ UM PROJETO INSANO !”

No ultimo dia 26 de Maio de 2011, o jornal LE MATIN, da Suíça fez uma entrevista com o músico francês J.M. Jarre que contou alguns detalhes do projeto para o Concerto de Mônaco em 1° de Julho, sobre o lançamento de “Essentials & Rarities” e outros assuntos. Jarre recebeu a equipe do Le Matin, em seu estúdio particular em Bouvigal, localizado em uma casa de três andares nos subúrbios de Paris. Uma rápida olhada:

Como será o concerto de Mônaco:
JMJ – “É um projeto insano, a primeira desta dimensão em Mônaco. O concerto será no porto e estará aberto a todos, a 18 graus. As pessoas vão estar nos morros, nas docas, em qualquer lugar…E vai ser muito high tech, no espírito do filme “Tron”. Um verdadeiro contraste com a imagem habitual de Mônaco.”

Você gosta de Tocar em casamento ?
JMJ – “Este não é o casamento em massa. O repertório do show vai ser praticamente o mesmo que a da minha turnê mundial, com uma energia rock and roll, um projeto conjunto que eu projetei especificamente para o local.”

Você sempre planeja e escreve seus shows?
JMJ – “Em termos de desenho e escrita, sim. Quando eu era estudante, eu realmente fiquei dividido entre a pintura e a música. Muitas pessoas da cena rock, como U2 ou os Stones, focam bastante este aspecto de encenação. A música em si pode ser transportada em qualquer lugar e ser ouvida, muitos decidiram reagir. Hoje, já não digo como “nossos avós ouviam um artista”, mas “viam um artista.” As pessoas têm uma expectativa de visual e eu fui um dos primeiros a olhar nesse nível.”

Com todos estes instrumentos no estúdio, você é colecionador?
JMJ – “Eu tenho muitos itens raros ou únicos que tenho recolhido ao longo do tempo. Durante dois ou três anos eu trabalhei na minha nova turnê, toda iluminada a partir do solo de vários synths. Um dia eu encontrei uma jóia no eBay, uma bateria eletrônica. Três pessoas queriam: Depeche Mode, Moby e eu (risos)! É altamente valorizado. E eu ainda tenho o meu primeiro sintetizador, um AKS dos anos 60. Quando eu era estudante, eu fiz praticamente tudo sobre ele incluindo este material encontrado em parte no álbum “Rarities” “.

Era uma fortuna nos anos 60?
JMJ – Sim, lembro-me que vendi uma moto, uma guitarra e um gravador magnético antigo para conseguir esse synth em Londres. Voltei encantado!

Quando sairá o novo álbum inédito?
JMJ – Eu estou gravando neste momento. Sairá na internet de maneira bastante particular, mas não agora, possivelmente no ano que vem(2012). Em termos de composição, isto será uma mistura entre o digital e o analógico. Busco sons antigos, mas que seja bem atuais, por isto estou testando novos instrumentos.

Sua música sempre é associada ao espaço. Quando dará um concerto no espaço?
JMJ – Trata-se de um boato da internet desde que eu anunciei de brincadeira um dia. Foi uma idéia de Arthur C. Clarke (nota: o autor de “2001: Uma Odisséia no Espaço”). Ele até pensou que eu iria fazer um concerto na lua.

Fonte: Le Matin.ch

Avatar

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.