Jarre em festa da Queda da Bastilha (14/07/09)

220 anos da Queda da Bastilha, dia nacional da França. 120 anos da Grande Dama de Ferro, a Torre Eiffel. Em outras ocasiões, celebradas com MEGA-CONCERTO de Jean Michel Jarre em frente a algum monumento cultural de Paris (a própria Torre Eiffel foi palco de dois destes grandes shows). Hoje, não mais. No lugar do Jarre, entra Johnny Halliday, de 66 anos e 50 de carreira – uma versão francesa de Elvis Presley e Roberto Carlos, mas brega impossível – esquentou o público de 700 mil pessoas que estava no Campo de Marte, situado atrás da Torre Eiffel. Como o público ainda aumentou (todos queriam ver os fogos), calcula-se que cerca de um milhão de pessoas viram a Dama de Ferro ser pintada com as mais variadas cores.
Festa bonita
Festa bonita
Mega Concerto
Mega Concerto
Mas não era Jarre que estava lá!
Mas não era Jarre que estava lá!

 (Fotos da Torre Eiffel por Haroldo Castro)

E o Jarre ? Bom, nosso Maestro foi convidado para um evento na sede do Governo Francês, o Elysee Palace, em Paris, ao lado de outras celebridades francesas e o Presidente da França, Nicolas Sarkozy e a Primeira-Dama, CarlaBruni.
Jarre na festa da Queda da Bastilha (2009)
Jarre na festa da Queda da Bastilha (2009)

Fonte: Revista Epoca / Agradecimentos ao Kanta do Zoolook.nl

Avatar

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.

2 thoughts on “Jarre em festa da Queda da Bastilha (14/07/09)

  • Avatar
    16 de julho de 2009 em 12:15
    Permalink

    Prezada Mara,

    Com certeza, será creditado pelas fotos.
    Desculpe-nos pela falha, agora que percebi que é um Blog de jornalista que trabalha na Revista época, nao bem uma matéria da Revista como havia creditado.

    Obrigado pela visita e aguardamos seu retorno!

  • Avatar
    15 de julho de 2009 em 18:30
    Permalink

    Meu querido que não conheço, vim aqui por curiosidade pela pichação que você fez no blog do Haroldo sobre o show na Torre Eiffel. Acho muito democrático (já que falamos em Liberdade, Igualdade e Fraternidaade) expressar suas opiniões. Mas seria de bom tom e bastante ético colocar os créditos nas fotos do Haroldo Castro. Afinal, elas deram graça, cor e beleza ao seu blog hoje. Abs. Mara

Fechado para comentários.