ARGENTINA: JARRE SURPREENDE A TODOS E REALIZA SEU HISTÓRICO PRIMEIRO CONCERTO NA AMÉRICA LATINA

A emoção não poderia ser maior para os fãs do continente sul-americano, quando o músico francês Jean Michel Jarre começou no dia 22 de Março, sua turnê sul-americana, a primeira da carreira em mais de 40 anos. Na quinta feira, dois dias após desembarcar em Buenos Aires, Jean Michel Jarre realizou seu primeiro concerto do ano, o primeiro em um país Latino Americano e descontando o projeto Lost City (na Africa do Sul, que foi uma audição e não concerto), o primeiro concerto neste hemisfério em mais de 50 anos de carreira. Foi a cidade com latitude mais extrema ao Sul que ele já tocou !!!

“Festa Bros” antes de Jarre

 

Merchans oficiais sendo vendidos
Luna Park quase lotado esperando o show.

O concerto que deveria ter acontecido no Estadio GEBA em novembro de 2017, foi adiado por conta de problemas com a produtora Fenix Entertainment e o artista, que após muitas negociações, conseguiu que o músico adiasse os concertos da América do Sul para o mês de março de 2018. Outra mudança feita a pedido de Jarre, foi que o mesmo mudasse para o ginásio Luna Park .

Público argentino correspondeu as expectativas

 

Jarre se surpreendeu com a recepção do público.

Os portões foram abertos para a área VIP, denominada “JMJ Xperience” e para o Meet & Greet promovido pela Fenix a partir das 19 horas. As 20 horas os DJs “Festa Bros”, começaram a animar o ambiente enquanto o restante das pessoas se acomodavam. O DJ oficial de Jarre, Marcos Grenier, infelizmente foi impedido de tocar, devido as leis locais que exigem que um artista local abra para uma atração internacional. Após o set do “Festa Bros”, o som ambiente passou a ser “Waiting for Cousteau”, faixa que o artista usa para introduzir o artista.

Harpa Laser hipnotiza o público.

 

Alguns minutos após as 21 horas, finalmente, as luzes foram apagadas, e os primeiros efeitos no palco começaram. O telão de LED que cobria o mesmo, começaram a exibir imagens tridimensionais, enquanto uma versão inicial de órgão de Oxygene 20 começava a tocar..o show começou…logo em seguida, a surpresa…uma faixa inédita foi executada junto com uma voz feminina…”A new planet...”, foi a vez do telão abrir e Jean Michel Jarre finalmente aparecer no centro do palco auxiliado por seus músicos de apoio, o francês Claude Samard e canadense Stephane Gervais. O setlist da apresentação seguiu com as faixas do projeto “Electronica” e “Oxgyene 3”, misturada a seus clássicos como “Equinoxe 7”, “Oxygene 8”, “Zoolookologie”.

Houve também algumas falhas na tela de LED que chegou a travar em alguns momentos. Durante a execução de Brick England (os bonecos digitais simplesmente não apareceram), durante a execução de Oxygene 17 (o globo não girava e ficou travado). E a Harpa Laser começou a fechar do nada no finalzinho de Time Machine.

SETLIST OFICIAL

DJ set com “Festa Bros” (Argentina)
Waiting for Cousteau

1) INTRO – Oxygene 20 (Apenas a parte do órgão inicial)
2) New Planet (Tema inédito – nome não confirmado)
3) Automatic 2
—–
4) Oxygene 2
5) Web Spinner (tema novo)
6) Exit
7) Equinoxe 7
8) Conquistador
9) Oxygene 8
10) Zero Gravity (remix)
11) Zoolookologie
12) Oxygene 4
13) The Architect
14/15) Equinoxe 4 / Glory
16) The Time Machine (harpa laser)
17) Oxygene 19
18) Circus
19) Oxygene 17
20) Brick England
21) Herbalizer (tema novo)
22) Stardust

ENCORE:
23) Chronologie 4
24) Fourth Rendez-vous

Ao final teve o encore matador com “Chronologie 4” e “Rendez Vous 4”, que foram praticamente ‘cantada’ pelo público argentino, estimado oficialmente em 5.500 pessoas, segundo a imprensa local. Na ovação final ainda teve um surpreendente “Olé, Olé, Olé…Jarré, Jarré !”, deixando o próprio artista de boca aberta, fazendo compartilhar o momento em suas redes sociais.

https://www.instagram.com/p/BgrsDigBipO/

Jarre partiu no dia seguinte para Santiago no Chile, para a próxima etapa da turnê Latino Americana, que infelizmente não incluiu o Brasil.

Fonte: Nilceia Siqueira, Maurício Moreira e Ricardo Vieira / Rendez Vous en Argentina / Jean Michel Jarre Argentina