RÁPIDO & RASTEIRO – OUTUBRO 2015

JARRE VAI A ENTERRO DE COMPANHEIRO DE CHARLOTTE RAMPLING

O músico francês Jean Michel Jarre foi casado com a atriz britânica, Charlotte Rampling por 20 anos. Após o fim do casamento, finalizado em divórcio, os dois ainda mantiveram uma amizade que perdura até os dias de hoje. A atriz, a partir de 1998, conheceu outro francês, o jornalista e homem de negócios Jean-Noël Tassez, ex-redator chefe do jornal La Marseillaise e ex-CEO da Société financière de radiodiffusion (Sociedade Financeira de Radiodifusão da França). No último dia 02 de Outubro, o Sr.Tassez, faleceu aos 59 anos, após uma longa batalha contra uma moléstia.

Jarre dando as condolências a ex-esposa, Charlotte Rampling
Jarre dando as condolências a ex-esposa, Charlotte Rampling
Jean Michel Jarre e sua filha Emilie.
Jean Michel Jarre e sua filha Emilie.

Durante o enterro de Jean-Noël Tassez, Charlotte recebeu as condolências de vários amigos, colegas e personalidades. Uma delas foi seu ex-marido Jean Michel Jarre junto com sua enteada Emilie Jarre. O enterro ocorreu no cemitério Père Lachaise de Paris.

O Jarrefan-Brazil e toda a nossa equipe, presta condolências a Sra.Charlotte Rampling e família.

Fonte:

http://www.public.fr/News/Photos/Photos-Charlotte-Rampling-politiques-et-amis-rendent-un-dernier-hommage-a-Jean-Noel-Tassez-852351

AMÉRICA LATINA NO ROTEIRO DE FUTURA TURNÊ DO “ELECTRONICA”.

Enquanto o primeiro volume de “Electronica” segue seu curso de lançamento e o volume dois chega no próximo ano, Jarre começa a planejar os shows que virão a seguir. Segundo informações que tem passado na imprensa, ele espera fazer alguns festivais por volta de Abril ou Maio de 2016 e em segunda uma turnê mundial por volta de Setembro do mesmo ano que se seguirá até o ano seguinte. E a América Latina seria um dos roteiros que Jarre pretende seguir nesta turnê mundial. Então ficaremos no aguardo…como sempre.

 

Fonte: https://es.noticias.yahoo.com/jean-michel-jarre-m%C3%BAsica-electr%C3%B3nica-amplia-rock-134851295.html

 

JARRE FALA SOBRE A PARTICIPAÇÃO DE DOMINIQUE PERRIER NA LE TRIBE

Durante uma entrevista para um site holandes, Jarre foi questionado sobre a presença do le tribe Dominique Perrier em seus recentes projetos e se ele retornará a Le Tribe:

Surpresa, Dominque Perrier em Cartago !!!

JARRE: “A esposa de Dominique morreu a alguns anos atrás, e ele passou por um período de dificuldades. Mas ele e eu estamos em contato constante com o outro, e ele também tem estado no estúdio comigo durante o projeto Electronica. Ele fez algumas partes de synth [responsabilidade] e também está nos créditos. Eu amo Dominique, ele é um poeta no synth com um estilo único. Ele também retornou a um projeto dos anos setenta chamado ‘Space Art’. Em breve haverá um novo álbum, e desejo-lhe tudo de melhor com isso. “

Fonte: Glenn Folkvord (fã clube Noruega)

 

 

 

DVDs DE CONCERTOS ANTIGOS AINDA SÃO UM SONHO DISTANTE…

houston
DVD é um sonho distante…ainda!

Em 17/10, durante entrevista para o radialista Graham Norton na BBC, Jarre foi endagado pelos ouvintes quando serão lançados os DVDs de shows clássicos como Houston/Lyon e outros. O músico francês explicou que os direitos autorais destes concertos já foram readquiridos e não existem mais qual pendengas jurídicas, mas agora os vídeos precisam de um grande processo de restauração para se obter uma melhor qualidade de imagem e som. Jarre disse que quer fazer ele próprio este trabalho de restauração e isto levaria muito tempo…

 

Vc poderá escutar toda entrevista por este link (2 Horas e 34 minutos):

 

http://www.bbc.co.uk/programmes/b06hhf9l#play

 

JARRE TRABALHOU (SEM SER CREDITADO) NO ÁLBUM DE TERRY RILEY EM 1972

Álbum "Happy Ending" de Terry Rilley.
Álbum “Happy Ending” de Terry Rilley.

Em entrevista tanto para a FACT MAGAZINE e para o Jornal francês LE FIGARO, o músico francês revelou que por volta de 1972, ele trabalhou como assistente de estúdio, preparando sequencias, para o álbum “Happy Ending” do músico americano Terry Riley no Château d’ Hérouville, um antigo estúdio nos arredores de Paris. Este trabalho não foi creditado no lançamento do álbum. A curiosidade fica por conta que creditado neste álbum estava o produtor francês Igor Wakhévitch, que nesta epoca havia trabalhado com o Jarre pra o projeto da trilha sonora do ballet AOR, onde possivelmente deve ter convidado Jarre pra fazer as sequencias citadas por ele na entrevista.

 

Fonte: Fact Magazine/Jarre/Discography