“CONCERTO DE CARTAGO” – TUNÍSIA – 12/08/2013 – SUCESSO ABSOLUTO !!!

Indo contra todas as críticas, Jarre sai ovacionado da Tunísia !

Foi realizado no último dia 12 de Agosto de 2013, por Jean Michel Jarre, o único concerto do ano, nas ruínas do Teatro Romano de Cartago, Tunísia, para o 49° Festival Internacional de Cartago.

Jarre esteve acompanhado da sua já tradicional Le Tribe: Francis Rimbert, Claude Samard e Jerome Gueguen. Apesar da visita de Dominique Perrier aos ensaios nos dias anteriores, ele não esteve tocando desta vez. Talvez tenha sido apenas uma visita de cortesia.

Entrada apoteótica de J.M.Jarre

Segundo Jarre:

“- Visitar Cartago era para mim um sonho de infância, eu era e ainda sou fascinado por personagens como Hannibal e a música árabe sempre me moveram e eu ainda me lembro de um concerto de Om Khalthoum que eu participei com a minha mãe muito jovem…Cartago é o berço da democracia mais antiga da história.”

O palco foi montado com tapetes tunisianos, havia um telão menor do que o usado nas apresentações da turnê passada, apesar de haver novos efeitos de vídeo.

Jarre adentrou ao show do meio do público, para desespero da polícia e segurança local (fortíssima). Vinha apertando as mãos e beijando alguns fãs. O teatro romano estava lotado, mesmo com os preços altos dos ingressos. Presença do Ministro da Cultura, Mehdi Mabrouk na primeira fila.

Harpa Laser, marca registrada dos concertos de J.M.Jarre

Antes de começar ele disse: “- A noite vai ser de dignidade, de esperança e de música“, capturando a platéia desde o início.

Fãs de diversas partes do mundo, principalmente da Europa, foram para Tunísia assistir ao concerto. Havia fãs americanos também, apesar do aviso de Departamento de Estado Americano, informando aos cidadãos dos EUA, a não visitarem a Tunísia durante estes dias de agitação popular.

Francis “Bunny” Rimbert…Parceiro de crime
Jerome Gueguen e Claude Samard

Na véspera do Dia da Mulher, Jean Michel Jarre queria cumprimentar as mulheres tunisianas, com um pensamento especial para aquelas que ele conheceu durante a sua visita à Aldeia SOS Gammarth(uma ONG infantil da Tunísia). no último sábado(10/08). “-Samira, Delilah, Malika …” Apadrinhando uma das crianças desta vila, dedicou sua música para as crianças de hoje que serão os homens de amanhã. Uma forte dedicação pessoal: “Educação, Educação e Educação“, antes de dedicar sua famosa e velha canção “Oxygene” para todos os tunisianos. “Entender o que está acontecendo na mente dos homens e do mundo em que estamos vivendo.”, Jarre falou.

Não houve surpresas no show, praticamente Jarre apresentou o mesmo setlist que vinha fazendo nos últimos 3 anos, com algumas diferenças nas ordens das músicas. Desta vez também não houve fogos de artifício ou efeitos pirotécnicos devido as limitações do festival.

Pelo visto, “Téo & Tea”, veio pra ficar nos seus shows, devido a grande agitação durante a exibição da mesma.

O show transcorreu na mais absoluta segurança e sem qualquer problema. O artista, que dias anteriores, chegou a ser criticado por trazer um show caro ao país, foi bastante elogiado pela imprensa local, já que manteve a palavra de tocar no país, em meio aos distúrbios políticos que agitam a Tunísia durante estes dias. Muitos artistas desistiram ou cancelaram suas apresentações no 49° Festival Internacional de Cartago, mas Jarre manteve firme o objetivo de tocar lá.

Trecho da reportagem local sobre o show:

“Antes de ontem à noite, a cena se parecia com nada que tivesse visto até agora. Jean Michel Jarre queria fazer este concerto um encontro entre a tradição e a modernidade, e este equipamentos no palco confirmou esse compromisso. A mistura de tapetes tunisianos tradicionais e sintetizadores e outras saídas da sala de controle das máquinas USS Enterprise ofereceu um contraste impressionante.”

“Anteontem à noite, aconteceu algo único para Cartago: um verdadeiro momento de comunhão entre o artista e o público. Pela primeira vez desde o início do festival, vimos todo o público participar junto com o artista, de modo que até mesmo as cadeiras da primeira fila, geralmente relutantes em mudar, votaram à vida durante a noite. Quer queiramos ou não, a música eletrônica e do estilo de Jean Michel Jarre, que só podia ficar colado ao desempenho de ontem. Um sucesso total.”

Seif Eddine Yahia

Jarre encerrou o show, enrolado na bandeira da Tunísia.

Após o concerto, Jarre recebeu uma homenagem das autoridades locais: Mourad Sakli, Diretor do Festival Internacional de Cartago e o Ministro da Cultura, Mehdi Mabrouk.

Jarre recebe homenagem no camarin após o concerto de Mourad Sakli, Diretor do Festival Internacional de Cartago e o Ministro da Cultura, Mehdi Mabrouk

Setlist:

Intro
Oxygene 2
Equinoxe 7
Equinoxe 5
Rendez-Vous 3 (laser harp)
Magnetic Fields 2
Souvenir de Chine
Equinoxe 4
Oxygene 12 (com vídeo Circle of Life)
Rendez-Vous 2 (laser harp)
Chronologie 2
Oxygene 4
Encore: Chronologie 4
Teo & Tea
Vintage
Fin de Siecle (Calypso 3)
Encore 2: Rendez-Vous 4

Vídeo reportagem do canal tunisiano NAT 1, com entrevistas, backstage e filmagens de parte do show

 

 
Fotos: Agradecimento 49° Festival Internacional de Cartago (Tunísia)

Fontes: Fairlight Jarre (Espanha) / jarrelive.com / Simone d’Orfèvre / Kanta Devi

http://www.tuniscope.com/index.php/article/29717/culture/concerts/jarre-255500#.UgoTHdJweSp

 

http://tunisie.co/index.php/article/2644/calendrie/festivals-et/jmj-135010

 

http://www.radiotunisienne.tn/rtci/index.php?option=com_content&view=article&id=33422%3Asoiree-jean-michel-jarre-lillusionnistecarthage-se-souviendra-du-maitre-genie-et-ami-du-pays&catid=136%3Aculturel&Itemid=670

 

http://www.kapitalis.com/culture/17641-tunisie-festival-jean-michel-jarre-enflamme-carthage.html

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.

Um comentário em ““CONCERTO DE CARTAGO” – TUNÍSIA – 12/08/2013 – SUCESSO ABSOLUTO !!!

Fechado para comentários.