JARRE FOI 5 VEZES ELEITO O MELHOR INSTRUMENTISTA DO ANO NO BRASIL (1987-1991)


Durante os anos 80 e 90, o jornal carioca, “Jornal do Brasil” fazia pesquisas anuais de opinião com os leitores de todo país chamada de “DIRETAS NA MÚSICA”, para saber os melhores da música do ano anterior em várias categorias. O resultado sempre era publicado no começo de cada ano na “Revista de Domingo” do JB.

Jarre foi 5 vezes seguida o melhor “Músico Instrumentista Estrangeiro”, isto mostrava quanto era positivo um plano de marketing em cima de um artista, como o desenvolvido pela Polygram do Brasil (Polydor), na época dirigida pelo diretor internacional de produtos Sr.Carlos Celles (falecido em 1995) .

“DIRETAS NA MÚSICA” – JB – 1987
“DIRETAS NA MÚSICA” – JB – 1988
“DIRETAS NA MÚSICA” – JB – 1989
“DIRETAS NA MÚSICA” – JB – 1990 – parte 1
“DIRETAS NA MÚSICA” – JB – 1990 – parte 2
“DIRETAS NA MÚSICA” – JB – 1991

Jarre ficou em primeiro lugar nos anos de 1987,1988,1989,1990 e 1991.

 Ele foi ainda lembrado em 1992 (2° lugar) , 1993 (4° lugar) e pela ultima vez em 1994(5° lugar).

“DIRETAS NA MÚSICA” – JB – 1992
“DIRETAS DA MÚSICA” – JB – 1993
“DIRETAS DA MÚSICA” – JB – 1994


Verificamos que apartir do momento que o marketing em cima do Jarre no país cai, sem gravadora após 1993, aparece o nome do saxofonista Kenny G, que passou a ter uma campanha de marketing mais agressiva apartir dos anos 90, incluindo apresentações em programas de auditório e turné pelo nosso país, coisa que o Jarre nunca fez…

Fonte: Jornal do Brasil – Acervo Biblioteca Nacional Digitalizada

 

 

 

 

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.