JARRE FALA SOBRE INFINÉ, ACADEMIA EM LONDRES, NOVOS PROJETOS E ÁLBUM NA …GUITARRA !!!

 

O site Resident Advisor.net, postou uma entrevista no dia 04/03, feita pelo repórter Aaron Coultate com Jean Michel Jarre onde ele falou sobre a compilação que ele ajudou a montar com o selo Infiné, o que tem escutado recentemente, como trabalha em seu estúdio, sobre a Academia de música eletrônica que pretende montar em Londres e seus projetos futuros. Aqui trechos interessantes da entrevista.

“INFINÉ BY JMJ” :

“Isto começou na minha cidade natal, Lyon. Eu havia colaborado com vários artistas da Infiné no festival Nuits Sonores da cidade. A Infiné pediu para que eu escolhesse as faixas para o álbum, para celebrar os 10 anos do selo.”

O QUE TEM ESCUTADO:

“Eu escuto um monte de música diferente. Eu amo o trabalho do “Zomby” (musico eletrônico e DJ belga), e também “Actress” (músico eletrônico britânico). E também existem estes músicos franceses como Air, Vitalic, M83, Justice ou Sébastien Tellier. Eu também gosto do”Fuck Buttons”(banda eletrônica britânica), eu amo a direção que eles dão a música e o seu recente EP “Olympic” é muito bom.

 

 

JARRE TRABALHANDO NO ESTÚDIO:

“Eu tento passar o tempo trabalhando, tanto quanto possível dentro do estúdio, mas nunca é o suficiente. Há sempre outras coisas para fazer. Meu sonho é ser como um escritor, e passar quatro ou cinco horas todos os dias trancado no estúdio, mas eu realmente não posso fazer isso, eu não sei por quê. Eu sou um viciado em trabalho de curto período. Vou entrar em estúdio e trabalho para três ou quatro dias e noites, então eu vou parar, fazer uma pausa, e voltar para o estúdio em menos de uma semana depois. Então, para mim, são três ou quatro dias, então mais três ou quatro dias de folga.”

 

 

ACADEMIA EM LONDRES :

“Este é um projeto que têm sido proposto em relação ao desenvolvimento da Tech City no leste de Londres, como parte deste novo hub digital e multimídia que querem desenvolver na área. A idéia seria ter uma escola que dê a oportunidade para as pessoas se aproximarem de música eletrônica em diversas direções. Você pode usar um set-up totalmente análogo com máquinas de fita, como a abordagem adotada nos anos 50 e os instrumentos analógicos utilizados nos anos 70 e 80, através de uma abordagem total digital. Espero que esta seja a melhor maneira de se preparar para o amanhã, com uma abordagem desmaterializada da música. O outro objetivo [da academia] é estabelecer compositores eletrônicos para partilhar a sua experiência e oferecer-lhes um ambiente especial, onde tenham esse conhecimento e trabalho nas escolas inglesas, utilizando as ferramentas da academia. A terceira coisa seria ter um elemento on-line para a academia, o que permitiria que as pessoas trabalhassem em conjunto na mesma peça de música remotamente. Vamos imaginar que você tem uma demo, e as pessoas podem adicionar a isto uma linha, eles podem colaborar e participar de uma peça coletiva de trabalho.”

 

 

PRÓXIMOS PROJETOS:

“…na verdade eu acabei de terminar uma sessão de gravação com Sébastien Tellier hoje, estamos trabalhando em uma faixa juntos.”

 

“Na verdade, estou trabalhando em dois projetos diferentes de álbuns. Um deles é um álbum solo, que é algo muito especial, que contará com um pouco de guitarra, enquanto o outro tem mais colaborações. Eu estou realmente no meio de tudo isso, é tudo muito emocionante e eu estou esperando que isto seja concluído até o final do verão(inverno no hemisfério sul), e lançado no final do ano.”

Entrevista completa (em inglês) pode ser lida no link abaixo :

 

http://www.residentadvisor.net/feature.aspx?1785

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.