NUITS SONORES – 2012 – LYON – OXYGENE REVISETED

Apartir das 20 horas do último dia 16 de maio de 2012, no pátio do Hotel Dieu de Lyon, conhecido como “Hospital dos Pobres”, fundado no século XII e decorado com uma cena luminosa azul, três músicos eletrônicos da cidade : “Acide Washed”, “Danger” e “Arandel”, prestaram uma homenagem ao músico francês Jean Michel Jarre, recriado, cada um a sua maneira faixas do álbum “Oxygene” (1976) em três atos.

Oxygene Revisited Act I - Arandel Oxygene V

Jean Michel Jarre esteve presente como convidado de honra e grande homenageado do festival “Nuits Sonores – 2012” que está ocorrendo em sua cidade natal. Este evento aconteceu horas após de Jarre participar do workshop da “RED BULL MUSIC ACADEMY”, no Hotel DeVille de Lyon. Jarre apreciou a diversidade eletrônica musical das várias versões (acústicas e Technos) de “Oxygene”. Mesmo porque o próprio artista tem neste disco uma relação toda especial, segundo ele:

 – “Eu não sou obcecado por “Oxygene”, mas é o meu primeiro sucesso que sempre adere à pele. Além disso, o registro possui um lado “invertebrado” como se a música ficasse suspensa. Era essencial que nenhuma faixa deste álbum seja idêntica uma da oura. Ele é realmente um objeto singular.”

 Jean-Michel Jarre disse ter tido prazer de fazer parte desta geração:

 – “Nessa época que o álbum foi feito, havia poucos artistas como Pierre Soulages que considerava que o limite é a liberdade. Esta é uma oportunidade de visitar um território quase virgem. Esta inocência é refletida também em Oxygene. Isto tem sido para alguns, talvez, mas ainda uma lufada de ar fresco.”

 Segundo o artista sobre a homenagem dos três artistas:

  – “É uma honra para mim. (A música) é como dois DNAs mixados. O DNA de uma criação original e o DNA de designers que têm seu próprio som e seu próprio mundo e que irão recriar um material híbrido”, falou Jarre à agência AFP na noite de abertura.

 JARRE FALA

 E ainda para o canal Euronews Jarre ainda comentou:

 “Ter os jovens de hoje dedicado à música eletrônica é (obviamente) algo que me anima muito e faz honrar meu trabalho, porque a beleza da música eletrônica é que na maioria das vezes ela é instrumental, e é esse elemento que a transforma nos dois sentidos. Na mesma medida em que eu me orgulho de ser uma fonte de inspiração para jovens músicos, eles me inspiram para a música que eu faço agora”.

 No meio da multidão, junto com Jarre, também estavam Vincent Carry, o criador e organizador do festival e Gérard Collomb, o prefeito de Lyon, repetindo seu “grande prazer estar aqui.” :

 “As Nuits Sonores tornaram-se uma referência essencial da cena electro internacional ano após ano. Há mais diversidade e riqueza da cena francesa e estou feliz que todos passarão a integrar o grande navio da cena eletrônica”, o prefeito explicou a sua presença, dizendo que os organizadores querem “shows em lugares incomuns” e é claro divulgar a cidade.

 No palco três sons, três mundos muito diferentes e a promessa que define cada ato. Copos na mão, óculos de sol e espreguiçadeiras para os fãs do electro que estiveram presentes na noite de abertura do “Nuits Sonores – 2012”.

Oxygene Revisited Act II - Acid Washed - Oxygene IV

Primeiro Ato, “DANGER”, um quarteto de cordas que deu lugar ao electro puro, então o duo “Acide Washed” fizeram o segundo Ato e finalmente, o artista “Arandel”, sozinho no palco, usando uma máscara preta cobrindo o rosto inteiro, assumiu o título de “GONE” a música mais famosa de Jarre no terceiro e último Ato.

Oxygene Revisited Act III - Danger - Oxygene II & 12

Segundo “Danger”: -“Eu toquei muito “Oxygene”, não é algo que eu tenho tomada de ânimo leve, mas eu não iria colocar o álbum (oxigênio) em um pedestal acima de todos, porque para mim isso não é o objetivo do meu trabalho. Então, realmente todos os elementos que eu tinha disponível para mim eu tentei fazer algo muito moderno, com um material que, afinal, era o começo da música eletrônica, algo sintético. Eu tentei manter os temas melódicos acima de tudo. Em termos de arranjos, eu mudei algumas coisas e não hesitei em colocar alguns elementos de som mais potente mais perto de um ritmo de clube.”

“Danger”  versão de Oxygene 12

 “Arandel”, representante da geração dos anos 90, confirma a inevitabilidade desta peça:

 – “É um marco na história da música eletrônica popular. “Oxygene” foi um refletor para uma música incrível dedicado para um público informado. Apesar de não ter refeito isto usando sintetizadores antigos, estamos muito entusiasmados com o desafio de tornar este material moderno .”

 Richard l’Alpert do quarteto “Acide Washed”, falou que eles tiveram sorte em ter sido selecionados para tocar as músicas de J.M.Jarre, padrinho da cena eletrônica francesa.

NUITS ELETRONICS – geral

 Mais video aqui:

 http://es.euronews.com/2012/05/18/diez-anos-de-musica-electronica-en-las-nuits-sonores-de-lyon/

Fontes:

http://next.liberation.fr/musique/2012/05/17/jean-michel-jarre-remixe-36-ans-apres_819351

http://www.lyonpremiere.info/site/index.php?option=com_content&view=article&id=10813:jarre-revisite-pour-louverture-des-qnuits-sonoresq-a-lyon&catid=53:culture&Itemid=93

 http://www.francetv.fr/culturebox/les-nuits-sonores-re-mixent-loxygene-de-jean-michel-jarre-96225

THANKS Kanta Devi(U.K.) for pictures.

 

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.