Categorias
Família Jarre Maurice Jarre

MORRE KEVIN JARRE (1954 – 2011)

O roteirista americano Kevin Jarre morreu aos 56 anos, vítima de ataque cardíaco no ultimo dia 3 de Abril. Afastado há 13 anos de Hollywood, sua morte só foi revelada pela família neste fim de semana. Ele era filho do compositor vencedor do Oscar Maurice Jarre (“Lawrence da Arábia”) e da atriz Laura Devon (da série “Dr. Kildare”) e meio-irmão do músico francês Jean Michel Jarre. Na verdade, Kevin era filho do primeiro marido de Laura Devon. Maurice Jarre foi o terceiro marido dela, que adotou o menino e passou a usar o sobrenome Jarre, algo comum nos Estados Unidos. Alguns anos depois, Maurice se separou de Laura Devon.

Kevin Jarre assinou o roteiro de franquias famosas como “Rambo” e “A Múmia”, além de sucessos comerciais como “Tombstone – A Justiça Está Chegando” (1993), com Kurt Russell e Val Kilmer, e “Inimigo Íntimo” (1997), com Harrison Ford e Brad Pitt.

Apaixonado pela Guerra Civil americana, experimentou seu maior êxito profissional com “Tempo de Glória” (1989), sobre uma unidade de soldados negros que se engajaram na guerra do lado da União. Vencedor de três Oscars, inclusive para o ator (então coadjuvante) Denzel Washington, o filme rendeu ao roteirista uma indicação ao Globo de Ouro. Sobre o filme, ele na altura disse “Nunca pensei que alguém se interessasse pelo filme. Um projecto da Guerra Civil sobre negros? Nunca pensei, mas agarrei-me de tal maneira à história que acabei em lágrimas enquanto o escrevia”.

Apesar do sucesso de seus histórias, especialmente de “A Múmia” (1999), que teve duas continuações, Kevin não teve muito reconhecimento em Hollywood. Seu primeiro roteiro, “Rambo II – A Missão” (1985), chegou a vencer o Framboesa de Ouro como o pior do ano. E ele nunca mais recebeu convites para escrever após o estouro de “A Múmia” – seu roteiro original, mais sombrio que a aventura projetada na tela, foi muito modificado durante a produção.

Jarre planejava virar diretor e chegou a iniciar o western “Tombstone – A Justiça Está Chegando” (1993) nesta função. Mas desagradou aos produtores, que decidiram substituí-lo por George P. Cosmatos no meio das filmagens. Apesar da desaprovação, as cenas que filmou com Charlton Heston ainda foram aproveitadas no filme. A decepção só não foi maior porque o roteiro de “Tombstone” acabou sendo o menos mexido de sua carreira – e o mais elogiado.

Ele também trabalhou como produtor, nos filmes “O Chacal” (1997), com Bruce Willis, e “A Múmia”. Kevin Jarre deixou uma tia e primos.

Em seu Facebook, o músico francês Jean Michel Jarre, agradeceu direto de Nova Iorque, onde está a trabalho, os pesames e condolências de várias partes do mundo:

“Olá todos, agradeço vocês direto de New York vossas condolências…”

Fonte:
http://www.c7nema.net/index.php?option=com_content&view=article&id=5018%3Amorreu-kevin-jarre

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110423/not_imp709694,0.php

Avatar

Por Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.