JARRE INAUGURA O SALÃO DE MÚSICA DE PARIS + ENTREVISTA

Alheio totalmente a seu divórcio, o músico francês J.M. Jarre esteve na ultima sexta-feira, dia 19 de Novembro, no 3° Salão de Música de Paris, na qual é Embaixador oficial. Na ocasião, junto com as autoridades locais, ele teve a honra de inaugurar o evento, cortando a fita de inauguração. Seu amigo pessoal, Joachim Garraud (produtor de Metamorphoses) esteve presente acompanhando o músico.

 

Ainda no mesmo dia, o músico deu uma palestra no auditório do Salão, “Music & You” para um público composto por jornalista, fãs e curiosos. Quando perguntando sobre o lançamento do novo álbum, Jarre disse que possivelmente seria lançado apenas em Julho de 2011.

O jornal Le Express aproveitou para fazer algumas perguntas ao artista :

P – Você tem alguma superstição antes de entrar no palco para tocar ?
JMJ – Não, mas tenho rituais que contam. Várias vezes quando volto para casa, removo meus cadarços, ligo e desligo as luzes várias vezes e sempre peço um técnico para sincronizar meus instrumentos. É uma manifestação de medo do palco que não melhoram com a idade…Estou cada vez mais ansioso, estressado, mas é algo positivo em minha opinião. Eu procuro a inocência e a incerteza da minha estréia.

P – Seu pior sofrimento ?
JMJ – “Téa Teo”, sem dúvida alguma! Estava muito mal quando eu estava compondo este álbum. Eu não acho, como muitos franceses, que devemos sofrer por fazer coisas boas. Em todos os casos, o sofrimento não me deu criatividade no álbum.

P – O que é uma canção?
Serve para contar uma história do ponto A para ir para o ponto B. A música eletrônica é mais livre e misteriosa, é uma arte expressionista, fatos não lineares são melhores para mim.

P – Você é um músico por acaso ou propósito?
Nem uma coisa nem outra. Tornei-me um músico, porque o público foi receptivo ao que eu estava fazendo. Fez-me um músico. É uma coincidência? Eu não sei, espero que não!

P – E complementando … Imagine um de seus shows em Bercy e depois … Há uma queda de energia. O público obriga-o a permanecer no palco. Como você reage?

Eu faço um truque de mágica. A magia é a versão acústica da música eletrônica!

fonte: http://www.lexpress.fr/ / http://www.salon-musique.com/

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.

Um comentário em “JARRE INAUGURA O SALÃO DE MÚSICA DE PARIS + ENTREVISTA

  • 1 de dezembro de 2010 em 16:28
    Permalink

    Gostei da inteligência das perguntas. Entrevista a altura do mago.

Fechado para comentários.