Jarre leva os fãs ao delírio com apresentação outdoor em Santiago de Compostela

Jarre em ação na Galícia, com Rimbert ao fundo.
Jarre em ação na Galícia, com Rimbert ao fundo.

No último sábado, dia 31 de Julho de 2010, o músico francês Jean Michel Jarre, acompanhado por sua le Tribe: Rimbert, Samard e Jerome (substituto temporário de Dominique Perrier), realizaram não apenas mais um show de sua atual turnê “2010”, mais um grande concerto outdoor, que também fez parte do Festival Xacobeo 2010, que pode ser acompanhado por fãs do mundo inteiro via um ótimo link de stream da TV Galícia, que ainda transmitiu o show em TV Digital para toda a Europa. Praticamente com a mesma estrutura dos shows da turnê “2010”, este concerto difere não apenas por ser Outdoor (Jarre já havia realizado concertos Outdoor este ano em Tessalônica na Grécia e Istambul na Turquia), mas também pela inclusão dos efeitos pirotécnicos que fizeram a Catedral de Santiago de Compostela, literalmente arder em chamas nos mais diferentes padrões de cores (azul, verde, vermelho e amarelo), como também, sem ter o uso de telão de alta-definição, jogar suas projeções diretamente nas laterais da própria Catedral o que deu um novo ar à noite inesquecível.

Santiago de Compostela nunca mais verá algo igual
Santiago de Compostela nunca mais verá algo igual

 O show começou as 22:30, após as já tradicionais músicas ambientes e variações de Waiting for Cousteau, para segundo o artista, preparar o público para algo maior nas quase duas horas de evento. Apenas 8 mil espectadores puderam assistir ao show, muitos cruzaram a Europa, vieram de Portugal e outros continentes, como brasileiros, argentinos e chilenos e de muitos outros países do mundo. Caravanas de fãs de toda Espanha, também estavam presentes, já que o artista iria realizar o único show da turnê em toda Península Ibérica, este ano. O limite de espectadores na praça foi motivado pela recente Parada do Amor na Alemanha , no final de semana anterior, cuja superlotação matou mais de 20 pessoas esmagadas. Os organizadores do festival Xacobeo instalaram um telão gigante, na Plaza de la Quintana, que fica atrás da Catedral, para que outros fãs, que ficaram de fora da Praça do Obradoiro também pudessem acompanhar o show.

Publico assiste a tudo maravilhados
Publico assiste a tudo maravilhados

O cuidado na preparação do show levou os técnicos a trabalharam na noite anterior para montar palco e estrutura de fogos, pois o calor de dia, estava insuportável. O palco foi montado em cima das escadaria da Catedral, ocupado 90 m2. Também foram usados mais de 500 Kwatz de luzes e sua tradicional harpa lasers.

A Harpa Laser não poderia faltar nesta festa!
A Harpa Laser não poderia faltar nesta festa!

As músicas foram às mesmas que acompanham o Jarre na atual turnê, extraídos de seus conhecidos álbuns como Oxygene, Equinoxe, Mag.Fields, Rendez Vous entre outros. Na hora do encore, Jarre ainda brincou “Vou tocar uma canção na qual vocês reconhecerão”, em um dos muitos momentos descontraídos do show com o público presente. Jarre ainda disse que “a Plaza del Obradoiro é um dos lugares mais fantásticos do mundo, em uma cidade e em um país fantástico”. Brincou ainda: “Vocês estão passando bem? Tenho a sorte de estar em um dos melhores lugares do mundo”.

No final do show, ainda teve a tradicional queima de fogos realizada pelos organizadores, para encerrar o Festival Xacobeo 2010. Esta é a segunda apresentação do músico na cidade, em 1993, também para o Festival Xacobeo daquele ano, ele apresentou sua turnê “Europe in Concert”, no Monte do Gozo.

A idéia original era usar a Praça do Obradoiro, mas na época, as autoridades e o próprio artista acharam que o lugar era pequeno demais para a estrutura do palco daquela turnê. 17 anos depois, Jarre realiza seu desejo. Fãs que lá estiveram, jamais esqueceram !

Fonte: Agência de notícias EFE / Forum Zoolook.nl

Marcos Paulo

Fã Clube criado em 1997 nos primórdios da internet no Brasil. Buscamos sempre a realização de ao menos uma apresentação do Maestro Jean Michel Jarre em nosso país.