AZIMUTH FESTIVAL: UM MUNDO DE CRIATIVIDADE NO CORAÇÃO DE AL ULA

Reportagem da Saudi Gazette – 10/03/2020

AL ULA — O festival “Winter at Tantora” encerrou sua espetacular segunda temporada com “Azimuth” – três dias de comida, arte e música. Reunindo talentos do oriente e do ocidente, Azimuth iniciou com uma jornada gastronômica, seguida de uma extravagante performance musical com Jean-Michel Jarre, The Chainsmokers, Tinie Tempah, entre outros, e concluiu com um dia de exploração cultural.

O festival deu o tom no primeiro dia, ao encantar os paladares dos visitantes com pratos exclusivos dos famosos restaurantes Annabel’s, La Cantine du Faubourg e Sass Café, cobertos por uma soirée no telhado do Maraya Concert Hall, oferecendo vistas inspiradoras, bem como deliciosas misturas, preparadas pelos especialistas em bebidas do premiado Mr. Lyan Studio.

A extravagante culinária, continuou durante os três dias com o chef brasileiro Alex Atala, do D.O.M., Jeremiah Stone e Fabian von Hauske Valtierra — duas das estrelas em ascensão de Nova York — assumindo o posto de chefs residentes durante o evento. O trio, casou com os sabores do oriente e do ocidente, em uma série de banquetes que contaram com a fusão de falafel brasileiro, garoupa grelhada com purê de banana e arroz cozido no vapor com tabulé.

Os beats choveram no dia principal do festival, com um show que reuniu vozes e melodias de todos os cantos. Com curadoria do visionário da música eletrônica Jean-Michel Jarre, o concerto contou com a entrada das estrelas internacionais The Chainsmokers e Tinie Tempah, além dos regionais Hollaphonic, DJ Molekaah & Sara G, Omar Basaad e Hamza Hawsawi, entretendo o público do meio-dia à meia-noite.

Jean-Michel Jarre, que tocou um set eletrizante, destacando a paisagem de outro mundo de Al Ula, disse: “Conceber e projetar um cenário futurista aqui, em um ambiente natural tão atemporal, definitivamente não é apenas um privilégio, mas certamente, um dos meus projetos criativos mais emocionantes até hoje. A inspiração foi tanta, que compus uma nova música especialmente para a minha apresentação, chamada Azimuth.”

De acordo com o programa de arte do festival “Winter at Tantora”, Azimuth também apresentou duas instalações complementares da artista contemporânea britânica Lauren Baker, intituladas “Frequency of the Sun” e “Frequency of the Moon”, além de “Horizon of Day and Night” do estúdio de arte conceitual “Shuster & Moseley”, comandados por Claudia Moseley e Edward Shuster. As instalações, surpreenderam pela dinâmica e originalidade, e elevaram a majestosa dignidade do entorno, ao mesmo tempo em que homenagearam o tema cósmico do festival.

O festival terminou com um dia de descobertas. Os hóspedes exploraram as verdadeiras estrelas de Al Ula – seus notáveis patrimônios, incluindo a Hegra (Patrimônio Mundial da UNESCO), a Rocha Elefante e a histórica linha ferroviária Hijaz.

“O Festival Azimuth destacou o papel histórico de Al Ula não só como ponto de encontro, mas também por sua herança cultural e criativa através da originalidade de sua música, comida e arte. Começamos bem e estamos ansiosos para aumentar a aposta para a próxima edição”, disse Abeer Alakel, Chefe da Special Initiatives & Partnerships da Royal Commission for Al Ula.

Fonte: Saudigazette.com.sa