JEAN-MICHEL JARRE: OXYGENE GENIE

Março de 2023|Número 352

Que música você está curtindo atualmente?

“100 de Big Sean feat Royce Da 5’9” & Kendrick Lamar. Eles usaram uma amostra de uma música minha [Souvenir of China] de uma forma inesperada. É um bom exemplo de como usar algo de um mundo totalmente diferente e fazer uma faixa interessante. E também Deathpact, uma banda misteriosa da Costa Oeste – eles poderiam ser os filhos de Skrillex.”

Qual é o seu álbum favorito de todos os tempos?

“Discovery da Electric Light Orchestra. Um disco muito especial, alegre, positivo, dinâmico, feliz. É difícil ser feliz sem ser brega – todo mundo pode ser sombrio! Mas eu poderia escolher outra coisa amanhã.”

Qual foi o primeiro disco que você comprou? E onde você comprou?

O primeiro disco que o Jarre comprou

“Georgia On My Mind, do Ray Charles. O lado B era What’d I Say. Eu tinha cerca de 12 anos e comprei em uma loja de discos nos subúrbios de Paris. Os grandes cantores estão sempre um pouco fora de moda. Chet Baker me disse que é importante fugir da melodia e do slalom entre as notas.”

Qual músico, além de você mesmo, você já quis ser?

“David Bowie. Ele é o Picasso do rock.”

O que você canta no chuveiro?

“Eu não canto. Particularmente hoje, pois estou gripado.”

Qual é o seu disco favorito de sábado à noite?

“Dependendo da cena, qualquer um do Eminem, Chemical Brothers ou Sketches of Spain do Miles Davis. Você pode ter uma noite fria de sábado ou um domingo muito agitado e dinâmico. Os Chemical Brothers são muito voltados para a dança, mas também verdadeiros músicos e bastante sofisticados em sua produção.”

E o seu disco de domingo de manhã?

“Todos do Queen – vão da melancolia e da tristeza ao estado de espírito puro, alegre e dinâmico com muito humor.”

Fonte: Mojo Magazine

Views: 98