Expo: Oxygene 40 anos

Exposição Oxygène 40: A Alquimia de Jarre

expo40 por carlos relva que tem uma filha com paralisia cerebral

A PROPOSTA :
A Hummel Comunicação, CNPJ: 26.327.407/0001/11, através do produtor cultural Renato Mundt, que encabeça o projeto de exposição  nomeado Oxygène 40: Alquimia de Jarre, em parceria com o Jarrefan Brazil e a Aliança Francesa de Santos, o convida a fazer parte dessa iniciativa cultural.

Embaixador da Boa Vontade e Tolerância pela UNESCO, Jean-Michel Jarre é instrumentista, compositor e produtor musical francês, filho do aclamado compositor de trilhas sonoras Maurice Jarre. É conhecido por organizar espetáculos ao ar livre, que combinam luzes, lasers e fogos de artifício, os quais lhe renderam 4 recordes no Guinness Book of Records.

A exposição ocorrerá a partir do 2° Semestre de 2017 na Aliança Francesa de Santos, situada na rua Rio Grande do Norte, 98 – Santos – SP, que por meio de sua diretora, a Sra. Maria de Lourdes Beco, gentilmente acolherá os convidados e participantes no salão Le Caveau da unidade em questão, destinado especialmente para a ocasião.

OBJETIVOS :
Evidenciar ao empresariado e à mídia em geral os avanços em equipamentos e tratamentos fisioterápicos e neurológicos para paralisia cerebral, autismo, síndrome de Down e outras deficiências neurológicas e alterações genéticas.
• Divulgar o trabalho dos colaboradores e parceiros.
• Comemoração do 40º aniversário do disco Oxygène de Jean-Michel Jarre e sua terceira continuação Oxygène 3 em 2016.
• Celebração do aniversário de 20 anos do fã-clube Jarrefan Brazil.

INCENTIVO ATRAVÉS DA MUSICOTERAPIA :
O atendimento musicoterápico para a reabilitação tem como metas terapêuticas, entre outras, a de estimular habilidades sensório-motoras,  auditivas, proprioceptivas e de coordenação motora.

O musicoterapeuta procura entender a relação da música com o indivíduo e intervir com a música e seus elementos, para a melhora das questões da saúde, de modo geral. Longe de se pensar na cura pela música, mas como coadjuvante interessante, promovendo melhorias para o individuo.

Segundo um artigo publicado em 2014 pela revista norte-americana Entrepreneur, a música eletrônica contribui para que as pessoas desenvolvam atividades com maior facilidade, bom humor e eficiência tanto no trabalho, quanto nos estudos.

O estudo revela também que músicas com letras podem não causar o mesmo efeito, já que elas tendem a distrair a atenção. Portanto, para obter um resultado eficaz, sugere-se ouvir música mais instrumental quando estiver necessitando de maior concentração na atividade que exerce.

Tendo como base essas informações, sugere-se a música eletrônica de Jean-Michel Jarre, mais precisamente dos álbuns Oxygène (1976), Oxygène 2 (1997) e Oxygène 3 (2016) para a dinâmica musicoterápica com os pacientes que participarão com suas obras na exposição.

Estima-se que somente Oxygène vendeu mais de 12 milhões de cópias pelo mundo.

COMO FAZER ? (METODOLOGIA)
Crianças voluntárias, menores de 18 anos, serão submetidas à audição dos álbuns Oxygène, a fim de habilitar a manifestação artística em tela de pintura no formato 30x40cm, originando obras artísticas que serão apresentadas na exposição.

Este processo de criação pode ser assistido, com ou sem a participação dos pais e responsáveis, em data a ser determinada e/ou quantas forem necessárias até a finalização das obras. O processo também poderá ser registrado em vídeo e, posteriormente, apresentado na exposição. A Hummel Comunicação estará a disposição para quaisquer gravações.

Cópias em arquivo digital de Oxygène serão disponibilizadas para a(s) clínica(s) e para os pais e responsáveis interessados.

Agradeço o interesse e fico à disposição para maiores esclarecimentos sobre a futura exposição.

Renato Mundt é graduado em Publicidade e Propaganda, com pós-graduação em Didática e Metodologia no Ensino Superior e Mestrado em Comunicação Social.
É autor do livro O Homem Que Faz a Luz Dançar (2006), biografia nacional sobre Jarre.
Foi curador da exposição itinerante de fotos: Luzes e Cores de um Maestro: 60 anos de Jean-Michel Jarre, a de maior duração já realizada sobre o músico no mundo.