“ELECTRONICA” – ENTREVISTA PARA O USA TODAY

usatoday

O jornal USA TODAY, que é o jornal de maior circulação por todos Estados Unidos (cerca de mais de 2,25 milhões de cópias toda semana), publicou uma entrevista com J.M.Jarre no dia 28 de agosto, possivemente feita durante a última passagem de Jarre pelos EUA, a pouco tempo. Faz revelações importantes sobre o projeto “Electronica“, pricipalmente uma boa notícia para o mercado americano:

capture_decran_2015-08-28_a_15.04.06A faixa “CLOSE YOUR EYES“, uma colaboração com o duo francês AIR, emana de um banco de osciladores, do tipo usado pelos pioneiros da música eletrônica como Karlheinz Stockhausen e Pierre Schaeffer durante os anos 50. Durante os próximos seis minutos, Jarre e Air construiram uma peça que incorpora loops de fitas, theremin, um Minimoog, um vocoder, sintetizadores sampleados e teclados digitais. A trilha termina com um som criado por um aplicativo no iPad de Jarre.

“Foi uma espécie de pesadelo conseguir funcionar isto tudo junto, “, diz Jarre, 67,” mas isto realmente funciona, porque você pode usar o calor dos instrumentos analógicos e precisão e os sons nervosos e crocantes dos plug- ins digitais.”

Jarre dedicou quatro anos para o projeto Electronica , que verá um segundo volume lançado na primavera (nosso outono/16). “A idéia era reunir em torno de mim as pessoas que estão direta ou indiretamente ligadas à música eletrônica, e que foram ou ainda são uma fonte de inspiração para mim “, diz ele .

“É bastante incomum começar uma música a partir do zero e dizer: ‘ Vamos compartilhar nossos brinquedos juntos ‘”, diz ele. ” Na maioria das vezes , quando você está no estúdio, você está revelando -se , você é um pouco nu. Você pode expressar suas fraquezas , sua maneira estranha de se aproximar do som. Compartilhar esses momentos íntimos é como convidar alguém em seu quarto privado .”

“É muito diferente do envio de um arquivo de uma maneira abstrata . Pode funcionar , mas , como sabemos , é mais por razões de marketing para ter este tipo de colaborações. Neste caso, era algo que eu queria compartilhar com essa pessoa em particular. “

Algumas das escolhas de Jarre eram pessoa óbvias , como Moby e Laurie Anderson. Outros, como Pete Townsend, foram menos. Mas Jarre diz o guitarrista do “The Who” foi classificado como status elevado em sua lista de desejos.

“Ele foi o primeiro cara a introduzir seqüenciadores para a música rock com canções como Baba O’Riley “, diz Jarre . Além disso, ” como um dos criadores da ópera-rock como gênero , ele tem uma abordagem épica para shows que é bastante perto de minha abordagem de performances para grandes concertos “.

A faixa desta colaboração no álbum “Electronica 1” em que aparece Townsend   é chamada de “TRAVELATOR PART 2”, é parte de uma colaboração em três partes em que ele planeja lançar em um EP em separado perto do Natal.

Sobre a colaboração com o diretor americano de terror, John Carpenter, : ” As pessoas não percebem o quão importante o suficiente e influentical foi John Carpenter na música eletrônica “, diz Jarre . “Ele fez suas trilhas sonoras por si mesmo, utilizando sintetizadores principalmente eletrônicos e analógicos . Ele é uma figura de culto para DJs nos dias de hoje por boas razões . “

Sobre a segunda parte de “Electronica”:  Jarre diz que muitas pessoas aceitaram sua oferta para trabalhar em conjunto que ele tinha que escrever novas músicas , o suficiente para lançar um segundo volume na primavera. “Foi um como uma festa de aniversário onde você envia convites , esperando metade das pessoas que virão, e todos eles se juntaram à festa “, diz ele .

Entre as pessoas que estarão envolvidas no segundo volume estão: Cyndi Lauper , Gary Numan , o compositor de trilhas sonoras Hans Zimmer e diretor de cinema David Lynch.

Sobre shows ou turnês, Jarre espera tocar em alguns festivais no próximo ano e, possivelmente realizar uma turnê mundial. ” Alguns colaboradores podem juntar forças em determinadas cidades ou concertos especiais , ” ele diz. “Estou animado para compartilhar o palco com algumas pessoas de prestígio que eu amo e respeito. “

O álbum “Electronica” será lançado nos Estados Unidos, não pela Sony Music, como o resto do mundo, mas pela gravadora independente Ultra Music, um dos selos eletrônicos mais respeitados do mercado EDM norte-americano.

Fonte:

http://www.usatoday.com/story/life/music/2015/08/28/jean-michel-jarre-new-album-electronica/71305054/